D: António Couto dirigiu mensagem à diocese por ocasião da Semana dos Seminários 

Lamego, 16 nov 2019 (Ecclesia) – O bispo de Lamego afirmou que o seminário deve ser uma “comunidade impregnada de profunda amizade e caridade” e “deve configurar-se como comunidade de discípulos do Senhor Ressuscitado”.

Na mensagem para a Semana dos Seminários, com data de 1 de novembro, D. António Couto lembra que o ambiente entre os que se preparam para o sacerdócio deve ser uma “verdadeira família”.

“Na sua vertente humana, o Seminário deve ser uma comunidade impregnada de profunda amizade e caridade, de modo a poder ser considerada uma verdadeira família, que vive na simplicidade, na confiança e na alegria”, escreve o bispo de Lamego.

No documento intitulado “Caminhar com Jesus”, D. António Couto acrescenta que, na sua vertente cristã, o seminário “deve configurar-se como comunidade de discípulos do Senhor Ressuscitado, reunida à volta da alegria do Senhor Ressuscitado, formada dia-a-dia na leitura e na meditação da Palavra de Deus, no sacramento da Eucaristia e no exercício da justiça e da caridade fraterna”.

O bispo de Lamego refere que um “ambiente simples e dinâmico do Seminário ajudará cada um dos candidatos ao sacerdócio a alcançar uma compreensão cada vez mais profunda das exigências e da beleza da sua vocação, em ordem à aceitação, cada vez mais radical e definitiva, do projeto de Deus”.

“Os formadores saberão acompanhar cada candidato, e levá-lo a ver a sua vocação à luz da Igreja, da sua doutrina, da sua prática pastoral e litúrgica e da sua legislação, de modo a fazer crescer no coração de cada candidato um coração novo à medida de Cristo, conforme ao coração de Cristo, sensível às dores de cada ser humano, para saber ser, neste mundo controverso, verdadeiro semeador de esperança e ceifeiro feliz”, acrescenta.

O bispo de Lamego informa que a diocese tem 10 seminaristas, 3 no Seminário de Lamego e 7 no Seminário Interdiocesano de S. José, sediado em Braga, onde frequentam a Faculdade de Teologia da Universidade Católica.

D. António Couto conclui a sua mensagem para Semana dos Seminários, que termina este domingo, pedindo orações pelos seminaristas e lembrando que ofertório das Missas deste dia 17 se destina, “na sua inteireza, para as necessidades dos seminários da Diocese de Lamego.

A Igreja Católica em Portugal está a viver a Semana de Oração pelos Seminários, com o tema ‘O Senhor não pensa apenas naquilo que tu és, mas em tudo aquilo que poderás chegar a ser’, inspirado na Exortação Apostólica Pós-Sinodal ‘Christis Vivit’, do Papa Francisco.

PR

 

Partilhar:
Share