Igreja de São Nicolau foi esvaziada, para proteção do seu património

Foto: Lusa/EPA

Lisboa, 24 set 2021 (Ecclesia) – A Cáritas de Tenerife, na Espanha, lançou uma campanha de emergência para a ajudar vítimas da erupção vulcânica em La Palma (Canárias), recolhendo donativos financeiros.

A organização católica de solidariedade e as autoridades de La Palma pediram que se limitem campanhas de recolhas de bens alimentares e vestuário, “porque não existem infraestruturas nem a logística necessária para canalizar de forma adequada essa ajuda”.

O vulcão Cumbre Vieja está ativo e a expelir lava desde domingo; a lava já desalojou cerca de seis mil pessoas, levadas para abrigos e hotéis, e destruiu 390 edifícios, como forma de prevenir eventuais danos em elementos patrimoniais.

“A proximidade desta ermida com o novo vulcão que entrou em erupção no dia 19 de setembro levou à intervenção das autoridades”, indica a Diocese de Tenerife.

A mesma situação verificou-se em julho de 1949, após uma erupção do vulcão San Juan que parou onde está localizado um monumento a Nossa Senhora de Fátima.

Os bispos espanhóis mostraram-se “emocionados” com as consequências da erupção e mostraram-se prontos para ajudar a comunidade local.

OC

Partilhar:
Share