Iniciativa vai decorrer em Santiago de Compostela, de 3 a 7 de agosto de 2022

Foto: JMJ 2023

Lisboa, 10 ago 2021 (Ecclesia) – A Peregrinação Europeia de Jovens (PEJ 2022) vai decorrer em Santiago de Compostela, de 3 a 7 de agosto de 2022, projetando a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no verão de 2023, em Lisboa.

A apresentação da PEJ 2022 decorreu a 7 de agosto, na Praça do Obradoiro, com a presença de representantes das Conferências Episcopais de Espanha, Portugal e Itália, assim como do presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, D. Américo Aguiar, e do padre Filipe Diniz, diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil.

Para D. Américo Aguiar, a presença de responsáveis da JMJ Lisboa 2023 assinala mais uma etapa do caminho para o encontro de jovens de todo o mundo como Papa.

“Até o próximo verão vamos caminhar até Compostela. Depois, de 2022 a 2023, vamos todos fazer caminho desde Compostela e da terra de cada um até Lisboa, para acolhermos o querido Papa Francisco e termos a experiência viva da Jornada Mundial da Juventude, um encontro especial com Cristo vivo, com Deus que é Amor e Jesus que salva”, destacou o responsável, em declarações divulgadas pela página oficial da JMJ 2023.

“Vamos continuar a fazer caminho, palavra que tem um significado muito especial nesta terra”, acrescentou.

A Peregrinação Europeia de Jovens decorre no contexto do Xacobeo, o Ano Santo.

O presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023 convidou os jovens portugueses a fazer caminho a partir das suas dioceses até Santiago de Compostela, uma etapa da preparação da próxima Jornada Mundial da Juventude.

Entre os dias 4 e 7 agosto 2022, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora ‘Salus Populi Romani’, vão estar presentes na PEJ.

A Cruz da JMJ foi entregue pelo Papa João Paulo II aos jovens em abril de 1984 e marcou o início de uma peregrinação da juventude de todo o mundo; em 2000, o mesmo pontífice confiou aos jovens uma cópia do Ícone de Nossa Senhora ‘Maria Salus Populi Romani’.

A cruz de madeira mede 380 cm de altura e pesa 31 kg; os braços medem 175 cm de largura e os painéis em madeira medem 25 cm de largura, e o Ícone de Maria mede 118 cm de altura, tem 79 cm de largura e 5 cm de profundidade, pesando 15 Kg.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível local (diocesano) no de Cristo Rei (até ao ano passado, a celebração decorria no Domingo de Ramos), alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos, numa grande cidade.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

OC

Partilhar:
Share