Organização da iniciativa, em Lisboa, saúda constituição de «grupo de projeto»

Lisboa, 08 abr 2021 (Ecclesia) – O Governo português aprovou hoje uma resolução com medidas preparatórias para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, evento promovido pela Igreja Católica que vai decorrer em Lisboa.

“É criado um grupo de projeto que irá assegurar o acompanhamento, em termos operacionais, dos trabalhos de preparação e organização do evento, sendo ainda determinada a desocupação das parcelas necessárias à sua realização e estabelecido um calendário gradual para a relocalização definitiva do Complexo Logístico rodoferroviário da Bobadela”, assinala o comunicado divulgado pelo Executivo após a reunião desta quinta-feira do Conselho de Ministros.

Esta área será “reconvertida”, tendo em vista a requalificação urbanística e valorização ambiental e ecológica da zona ribeirinha de Loures, “de maneira a privilegiar a fruição do espaço público na relação entre o rio Tejo e o território adjacente”.

A próxima edição internacional da JMJ, no verão de 2023, vai decorrer na zona do Parque Tejo, junto ao espaço que acolheu a Expo’98.

A Fundação Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 congratulou-se com a resolução do Conselho de Ministros que cria o grupo de projeto.

“A decisão hoje anunciada será por certo um passo muito relevante para a preparação da Jornada Mundial da juventude e para o acolhimento de jovens de todo o mundo num encontro que ‘é de todos e para todos’”, assinala uma nota divulgada no site oficial do evento.

Foto: Logotipo oficial da JMJ 2023

A escolha de Lisboa como primeira cidade portuguesa a acolher uma edição internacional da JMJ aconteceu há dois anos, no dia 27 de janeiro de 2019, no Panamá.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

OC

Partilhar:
Share