Diretor do Secretariado da Pastoral da Juventude afirma que jovens participantes «vão receber aquilo que o Porto é»

Lisboa, 20 jul 2022 (Ecclesia) – O padre Jorge Nunes, coordenador do Comité Organizador Diocesano (COD) do Porto para a JMJ Lisboa 2023, assumiu o objetivo de mobilizar toda a comunidades para acolher os participantes dos ‘Dias nas Dioceses’, no próximo ano.

“Estamos a preparar muito aquilo que somos, e não numa atitude egoísta, mas para que toda a diocese se envolva e não apenas os jovens”, explicou o sacerdote, em declarações à Agência ECCLESIA.

O padre Jorge Nunes destacou a intenção de que os jovens das outras dioceses do mundo possam receber “o que de melhor” tem esta região.

Os ‘Dias nas Dioceses’ são o encontro de jovens nas Igrejas locais na semana anterior a cada edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e vão realizar-se de 26 a 31 de julho de 2023; durante estes seis dias, os participantes vão conhecer a diocese, “com as suas especificidades, as pessoas e a região”.

“Os jovens vão receber do Porto aquilo que o Porto é”, destacou o padre Jorge Nunes, que é também o diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude.

Sobre o programa para estes dias na Diocese do Porto adianta que os participantes, de quarta a sexta-feira, vão estar nas comunidades paroquiais que vão receber estes jovens, da parte da manhã, as tardes vão ser vividas no centro Porto-Gaia, e “vão poder escolher” o que querem fazer, “desde visitar museus”, entrar numa igreja onde pode “estar a acontecer uma adoração ao Santíssimo, uma oração de Taizé”, workshops e concertos, e depois vão regressar às” famílias de acolhimento” para “o final da tarde/noite”.

Para o dia 29 de julho de 2023, um sábado, o padre Jorge Nunes adianta que estão a programar uma “Eucaristia para toda a diocese”, com o bispo D. Manuel Linda “e os bispos-auxiliares”, e da parte da tarde vão “fazer uma mostra cultural”, desde a dança, ao teatro, com concertos de música tradicional, clássica, “e música mais moderna”.

“Queremos fazer uma mostra daquilo que é o Porto. O Porto para nós mas de um modo muito particular do Porto para com os jovens que nos visitam e escolheram uma cidade de pontes, um Porto de pontes, que faz ponte para todo o mundo”, desenvolveu.

Segundo o entrevistado, “começam a surgir alguns contactos de dioceses” de outros países com “vontade” de fazer “a semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude” no Porto.

Os “Dias na Diocese” vão realizar-se no Algarve, Angra, Aveiro, Beja, Braga, Bragança-Miranda, Coimbra, Évora, Funchal, Guarda, Lamego, Leiria-Fátima, Portalegre-Castelo Branco, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu; Lisboa, Santarém e Setúbal são dioceses de acolhimento da JMJ 2023.

A entrevista com o padre Jorge Nunes, transmitida hoje no Programa ECCLESIA, na RTP2, realizou-se no contexto da iniciativa interdiocesana ‘Km 11’, que se realiza este sábado e domingo.

Do programa específico da Diocese do Porto para este evento destaca-se um roteiro turístico-religioso, onde vão dar a conhecer aos jovens algum do seu património para que nos ‘Dias nas Dioceses’ “possam convidar outros jovens vindos de outras dioceses a visitar e a servirem-se ali de instrumento de visita”.

As seis dioceses católicas do norte de Portugal – Braga, Bragança-Miranda, Lamego, Porto, Viana do Castelo e Vila Real – vão realizar a atividade conjunta ‘Km 11’, simbolicamente a distância de Jerusalém a Emaús, que tem como programa comum uma vigília de oração e uma Missa.

O padre Jorge Nunes destacou que a JMJ 2023 é algo que “inclui todos”, onde têm realizado trabalho em conjunto.

“Penso que pela primeira vez, talvez possa não ser justo dizê-lo assim, vemos as dioceses de Portugal para preparar os ‘Dias da Diocese’ e para preparar a Jornada Mundial da Juventude, por isso será um acontecimento para a Igreja de Portugal por excelência”, concluiu o diretor do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude do Porto.

PR/CB/OC

Jornada Mundial da Juventude: «Dias nas Dioceses» decorrem 26 a 31 de julho de 2023

Partilhar:
Share