Cáritas Diocesana de Lisboa vai distribuir os 35 computadores portáteis

Lisboa, 17 abr 2020 (Ecclesia) – O Comité Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2022 (JMJ Lisboa 2022) anunciou hoje que doou 35 computadores portáteis para serem “entregues a jovens que deles precisam”, através da Cáritas Diocesana de Lisboa.

Um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pela direção e comunicação da JMJ informa que os equipamentos tinham sido oferecidos à organização da JMJ Lisboa para apoiar o trabalho de preparação da edição internacional da Jornada Mundial da Juventude que vai decorrer na capital portuguesa no verão de 2022.

“É mais útil e pertinente pô-lo à disposição daqueles que mais necessitam”, destaca o Comité Organizador Local da JMJ Lisboa 2022 no contexto do atual estado de emergência, causado pela pandemia do coronavírus Covid-19, que obrigou o terceiro período escolar a realizar-se através dos meios online, e da telescola, e muitos estudantes não têm computadores.

O Comité Organizador Local da JMJ 2022 é presidido pelo cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e liderado por dois coordenadores-gerais: D. Joaquim Mendes, para a parte pastoral, e D. Américo Aguiar, para a logística.

D. Américo Aguiar, na entrevista à Agência ECCLESIA para o programa ‘70×7’, apelou aos jovens que mantenham a “serenidade possível” e “se disponibilizem ao voluntariado”.

“A urgência e o foco é pandemia. E temos de ter consciência disso, todos. A urgência a que somos chamados como povo, como humanidade, como Igreja, como Nação, é tratarmos da questão da pandemia. Tudo o resto passou para segundo lugar. Mas não precisamos de desligar, vamos entrar em hibernação”, disse o coordenador-geral para a logística da JMJ Lisboa 2022, no Dia Diocesano da Juventude 2020, que se celebrou no Domingo de Ramos, a 5 de abril.

CB/OC

Partilhar:
Share