Lisboa, 14 ago 2018 (Ecclesia) – A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) que vai estar presente no Encontro Mundial das Famílias, que se realiza de 21 a 26 de agosto, em Dublin, na Irlanda, e apoia a participação de famílias de regiões carenciadas.

“Obrigado pelo vosso apoio à delegação Síria para podermos levar as aspirações e as intenções das famílias Sírias esquecidas e feridas a este grande encontro de paz e esperança”, disse D. Samir Nassar, em representação da Comissão Episcopal para a Família na Síria.

A fundação pontifícia apoia a presença de famílias de regiões carenciadas de África, Ásia e América Latina e o arcebispo maronita de Damasco vai acompanhar um grupo de famílias sírias.

Na nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, o secretário português da AIS informa que a fundação vai organizar dois encontros onde vão apresentar “as experiências, os desafios e as esperanças das famílias” que vivem na Rússia, Quénia e Congo – nos dias 22 e 23 de agosto.

No dia seguinte, o diretor nacional da AIS/ACN Irlanda, Michael Kinsella, participa no painel ‘A família como agente de paz num mudo atribulado’, às 11h30.

Na tarde do dia próximo dia 24, o padre Michael Shields, missionário do Alaska, vai dar testemunho do seu trabalho de mais de 20 anos na Rússia, o único sacerdote católico na região oriental da Sibéria.

Com o tema ‘O Evangelho da família, alegria para o mundo’, o Encontro Mundial das Famílias é organizado pelo Dicastério da Santa Sé para os Leigos, a Família e a Vida, da Santa Sé, entre 21 e 26 de agosto.

Durante o encontro, a fundação pontifícia vai apresentar “varias atividades” e a exposição “…and you shall be My witnesses”  (“sereis  minhas testemunhas”), “uma mostra do sofrimento de muitas famílias no Médio Oriente, sobretudo no Iraque e na Síria” (no Hall 8D).

A AIS salienta que “apoiar projetos pastorais da família” é um dos seus pilares e destaca que em 2017 “dedicou mais de 11 milhões de euros para 260 projetos em 70 países”; Cerca de 10 milhões de euros foram “distribuídos diretamente” para ajuda de emergência e humanitária das famílias cristãs de Síria e do Iraque.

O Papa Francisco vai acompanhar o 9.º Encontro Mundial das Famílias a partir de Croke Park e celebrar a missa de encerramento do encontro em Phoenix Park, também na capital irlandesa, a 26 de agosto.

Para a fundação “talvez” um dos seus “mais importantes contributos” para o Encontro das Famílias seja o apoio no lançamento do ‘YouCat for Kids’.

A prenda do pontífice argentino para as famílias tem 159 preguntas e respostas “essenciais para a fé” e foram “adaptadas à imaginação das crianças”.

“Confio-te este YouCat for Kids. Não te canses de questionar e partilhar a tua fé. Não fiques calado quando o teu filho te pressionar com perguntas. Sê uma corrente viva que, de geração em geração, torne presente o Evangelho nas nossas famílias, nas nossas comunidades e na Igreja”, escreveu o Papa Francisco no prólogo aos pais, divulga a AIS.

Os Encontros Mundiais das Famílias iniciaram-se na cidade de Roma, em 1994, repetindo-se a cada três anos; a última edição aconteceu na cidade norte-americana de Filadélfia.

CB

Partilhar:
Share