Catarina Martins Bettencourt explica que «sucesso» do projeto na educação «irá garantir» a continuação da comunidade cristã

Lisboa, 10 mar 2021 (Ecclesia) – A fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) está a desenvolver um projeto de atribuição de bolsas a jovens estudantes no Iraque, que envolve a Universidade Católica de Erbil, para apoiar a permanência da comunidade cristã no país.

“É preciso ajudar os jovens a terem esperança na sua vida no Iraque para não abandonarem o seu país e a Fundação AIS avançou com um projeto muito ambicioso mas muito necessário”, disse a diretora do secretariado português da AIS em declarações à Agência ECCLESIA.

Catarina Martins Bettencourt explicou que o projeto centrado na educação e no ensino está estimado em “um milhão e meio de euros” e envolve a Universidade Católica de Erbil, a capital da região autónoma do Curdistão, no norte do Iraque.

“O objetivo desta iniciativa, que vai passar pela atribuição de 150 bolsas a jovens estudantes universitários, é ajudar os jovens estudantes cristãos e terem uma perspetiva de futuro”, acrescentou em entrevista à Agência ECCLESIA, emitida hoje na RTP2.

Para a diretora do Secretariado Português da AIS, o “sucesso” deste projeto “irá garantir a continuação da comunidade cristã” no Iraque, um país que se “quer plural, tolerante, aberto a todas as comunidades”.

“Se não agirmos hoje estaremos a assistir ao fim desta presença cristã e que será apenas uma pequena minoria”, salientou Catarina Martins Bettencourt, afirmado que é preciso “estancar” a saída da comunidade cristã do Iraque que atualmente serão “apenas 250 mil cristãos” mas eram “cerca de 1 milhão e 400 mil”, em 2013, antes dos ataques dos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico.

O Papa Francisco recordou hoje no Vaticano a “histórica” viagem ao Iraque, que realizou de 5 a 8 de março, denunciando as consequências da guerra e do terrorismo, para as quais pediu uma resposta de “fraternidade”.

PR/CB

 

Vaticano: Papa recorda viagem «histórica» ao Iraque e denuncia «monstro» da guerra

 

Partilhar:
Share