Padre Alessandro Gazzola, de 57 anos, vai ter como colaborador direto o sacerdote madeirense Alfredo José Gonçalves

Torres Vedras, Lisboa, 22 nov 2012 (Ecclesia) – Os participantes no 14.º Capítulo Geral dos Missionários Scalabrinianos escolheram como novo responsável máximo o padre italiano Alessandro Gazzola, de 57 anos, refere um comunicado da congregação religiosa enviado hoje à Agência ECCLESIA.

O novo superior, que ocupará o cargo até 2018, vai ter como vigário-geral (1.º conselheiro) o sacerdote madeirense Alfredo José Gonçalves, de 59 anos, que era o responsável pelos Scalabrinianos do Brasil e Peru.

A reunião magna da congregação religiosa está a decorrer no Centro Diocesano de Espiritualidade do Turcifal, Patriarcado de Lisboa, desde o dia 4 deste mês.

O encontro reúne 44 responsáveis dos 32 países onde os Scalabrinianos trabalham ao serviço, em particular, dos migrantes e refugiados, no contexto dos 125 anos de fundação da congregação.

Esta é a segunda vez que um Capítulo Geral do instituto religioso se realiza fora de Roma, onde se encontra a sua sede internacional.

A congregação conta atualmente com cerca de 700 missionários, entre padres, religiosos estudantes e vários grupos de leigos.

OC

Partilhar:
Share