Agência ECCLESIA/PR

Lisboa, 10 set ago 2020 (Ecclesia) – A Comissão Episcopal do Laicado e Família, da Igreja Católica em Portugal, promove a partir de hoje uma formação sobre ‘planificação pastoral’, orientada pelo padre Michal Vojtás, Salesiano eslovaco, até 13 de setembro, no seminário de Leiria.

Uma nota enviada à Agência ECCLESIA, pelo Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, a equipa organizadora da formação, informa que o encontro pretende “projetar uma pastoral transformadora, generativa, sinodal e corresponsável”.

Com o lema ‘planificação pastoral’, a formação nacional vai ser orientada pelo padre Michal Vojtás (Salesiano), professor de “pedagogia salesiana” e de “sistema preventivo” na Universidade Pontifícia Salesiana e doutorado no campo da Teoria e Prática de Liderança Educacional.

A Comissão Episcopal do Laicado e Família acrescenta que o sacerdote eslovaco é membro da Faculdade de Ciências da Educação, da Universidade Pontifícia Salesiana, e tem vários estudos e publicações sobre o tema da formação, e destaca o ‘Dossier Progettare la Pastoral, percursi innovativi, virtuosi e humildemente integrali’, na Revista “Note de Pastoral Juvenil” (2 fevereiro 2018), e artigos e comunicações em congressos sobre juventude, projetos educacionais, a arte do encontro, acompanhamento e discernimento, qualidades de liderança.

A comissão da Conferência Episcopal Portuguesa salienta que na formação nacional no Seminário Diocesano de Leiria vão observar-se as normas sanitárias e de acordo com os lugares disponíveis, no contexto da pandemia Covid-19.

O encontro destina-se a agentes da pastoral juvenil e do ensino superior, da pastoral vocacional e familiar, entre as 10h00 desta quinta-feira, 10 de setembro, e as 18h00, de domingo, dia 13.

O encontro nacional de formação surge na sequência do Sínodo dos Bispos 2018, que teve como tema ‘Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’; O documento final da 15.ª assembleia geral refere que “num mundo fragmentado que cria dispersão e multiplica as pertenças, os jovens precisam de ser ajudados a unificar a vida, lendo em profundidade as experiências quotidianas e fazendo discernimento”.

“Se esta é a prioridade, é necessário desenvolver uma maior coordenação e integração entre os diversos âmbitos, passando de um trabalho por «sectores» para um trabalho por «projetos»”, lê-se ainda no número 141 do referido documento.

Em 2019, de 23 a 27 de setembro, a Comissão Episcopal do Laicado e Família promoveu uma semana de formação, sobre ‘acompanhar os jovens hoje, uma proposta formativa a partir do Sínodo’, com agentes da pastoral juvenil, pastoral do ensino superior e pastoral vocacional, em Fátima.

CB/PR

Partilhar:
Share