D. Manuel Linda espera que exposição «ajude» a ir ter com «os pobres, os infelizes e os sem-esperança»

Porto, 17 jul 2018 (Ecclesia) – A Paróquia de São Salvador de Grijó tem patente a exposição ‘Caritas Christi urget nos’, “Movidos pelo amor de Deus” de homenagem a D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto, que faleceu em setembro de 2017.

“Que a beleza e a emoção desta exposição nos ajude a mover com amor, pelo amor e para o Amor. Nos ajude a mover para Deus. E para os outros, especialmente os pobres, os infelizes e os sem-esperança, pois são estes o verdadeiro rosto onde Deus habita”, escreveu o bispo do Porto, D. Manuel Linda, na mensagem para a exposição.

Os trabalhos de 60 artistas, da área da pintura e escultura, que homenageiam D. António Francisco dos Santos, bispo do Porto de 2014 a 2017, falecido a 11 de setembro do ano passado, podem ser visitados na 7.ª Exposição de Arte, promovida pela paróquia católica, no Mosteiro de Grijó.

“Esta exposição fala-nos, com variadas linguagens artísticas, do amor e das suas obras: o Amor de Deus, o amor a Deus, o amor entre criaturas”, escreveu, por sua vez, D. Pio Alves, bispo auxiliar do Porto e vogal da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, da Igreja Católica em Portugal.

No seu sítio online, o jornal diocesano ‘Voz Portucalense’ informa que a exposição Caritas Christi urget nos, “Movidos pelo amor de Deus” foi inaugurada a 13 de julho, pelas Festas de S. Salvador de Grijó, em Vila Nova de Gaia.

CB

Partilhar:
Share