D. Nuno Brás vai presidir à Missa da Jornada Diocesana da Juventude, este domingo

Lisboa, 25 out 2019 (Ecclesia) – O bispo do Funchal afirmou hoje que “é muito importante” a “primeira grande convocação” da juventude na diocese, para propor às novas gerações “uma experiência de fé”.

“Trata-se de mostrar que afinal somos bastantes, seremos 300 ou mais, necessariamente também é um primeiro passo na preparação das Jornada Mundial da Juventude (Lisboa, 2022) e na nossa participação, esperamos numas pré-jornadas e depois na vinda a Lisboa de bastantes jovens da Diocese do Funchal”, disse D. Nuno Brás à Agência ECCLESIA.

A primeira Jornada Diocesana da Juventude do Funchal com o tema ‘Cristo Vive e quer-te vivo’ vai realizar-se durante 24 horas, entre as 17h00 deste sábado e as 17h00 de domingo, no Colégio de Santa Teresinha.

“Nada disto seria útil se não fosse Jesus Cristo, obviamente. Trata-se antes de mais nada de ajudar os jovens a conhecer Jesus Cristo e a viver com ele em cada momento que passa”, salientou o bispo da diocese madeirense.

Fé, animação, música, diversos workshops são propostas do Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude do Funchal, que organiza o encontro.

D. Nuno Brás afirma que “é essencial” que os jovens percebam que “não estão sozinhos” e assinala que, “muitas vezes, há essa sensação de que se está sozinho”.

“Quando o jovem percebe que está sozinho, foge das coisas”, alerta o bispo, que vai presidir à Eucaristia da jornada da juventude, às 15h30, deste domingo.

Sobre a juventude na diocese insular, o entrevistado realça que muitos jovens que são crismados, “em termos de catequese os números são muito bons e a qualidade também é boa”, mas depois do período catequético “há um certo abandono”.

“Há depois o problema da universidade, ou seja, jovens que vêm para as universidades do continente e perdem o contacto com a comunidade e a comunidade crente”, acrescentou.

D. Nuno Brás destaca que a comunidade católica precisa de “reforçar esta dimensão dos movimentos, e sobretudo dos movimentos de jovens”.

O bispo da Diocese do Funchal participou hoje na Jornada Nacional da Pastoral do Turismo, que decorre em Lisboa.

‘Cristo Vive’ é o nome da exortação apostólica do Papa Francisco dedicada aos jovens, que foi publicada a 2 de abril, na sequência da assembleia do Sínodo dos Bispos que decorreu em outubro de 2018, sobre a relação entre os jovens e a Igreja Católica.

CB/OC

Partilhar:
Share