Imagem foi levada por Fernão de Magalhães, no século XVI

Lisboa, 14 jul 2020 (Ecclesia) – A imagem do ‘Santo Niño’, o mais antigo e um dos mais venerados ícones religiosos nas Filipinas, ficou destruída durante um incêndio que atingiu a igreja onde se encontrava, em Manila, na última sexta-feira.

O incidente é noticiado pelo portal de notícias do Vaticano, o qual destaca que a pequena imagem do Menino Jesus foi uma oferta do português Fernão de Magalhães, no século XVI, aos primeiros católicos do arquipélago.

As chamas consumiram rapidamente a igreja e o convento agostinho adjacente, incluindo ícones, paramentos litúrgicos e bancos, tendo apenas resistido alguns cálices e o cibório com as hóstias consagradas.

Da pequena imagem do Menino Jesus, foram recuperadas apenas o globo e a cruz, além de parte das vestes queimadas.

OC

Partilhar:
Share