Foto: Lusa

Viana do Castelo transfigura-se por estes dias. As festas em honra da Senhora d’Agonia tiveram início no dia 17, e foi nessa tarde que o desfile da mordomia encheu as ruas centrais da cidade, mas é neste domingo e amanhã que os principais momentos vão acontecer, este ano com o acréscimo de se assinalarem os 50 anos da primeira procissão ao mar.
É por estes dias que chegam turistas e emigrantes se juntam às suas gentes para celebrar e honrar a Senhora d’Agonia e os pescadores que desde o século XVII se lançam ao mar pedindo a sua proteção. Esta é uma festa em que também a Igreja se junta, sendo um motivo para evangelizar e educar a fé.
Conversamos nesta manhã com o bispo de Viana do Castelo, D. Anacleto Oliveira, que há oito anos preside às celebrações religiosas desta grande festa e também com o padre Vasco Gonçalves, ele que é responsável pela igreja da Senhora d’Agonia, local central das celebrações.

Partilhar:
Share