Bispo auxiliar do Porto presidiu a Eucarista no Santuário de Fátima

Foto: Agência ECCLESIA

Fátima, 09 mar 2020 (Ecclesia) – D. Armando Domingues, bispo auxiliar do Porto, presidiu à Eucaristia deste domingo no Santuário de Fátima, onde exortou os presentes a “deixarem-se transfigurar” e deixando o acomodamento. 

“É importante nunca cair na tentação do acomodamento, escutando com atenção a Palavra de Deus, descobrindo a Sua presença, acolhendo-A no meio de nós, assumindo mudanças a partir da pergunta: o que quer Deus de mim?”, disse, na sua homilia. 

O bispo auxiliar do Porto salientou o “caráter dinâmico de comunhão da Igreja” apresentou o exemplo de Abraão, como “modelo da Igreja”. 

“Abraão é modelo desta Igreja, que também pede novos caminhos, nova evangelização”, reforçou

O prelado apresentou ainda a necessidade de dinamismo eclesial, através de um “caminho de discernimento”, com a abertura “para ir para um outro lugar” que indique “novos caminhos de evangelização”.

D. Armando Domingues dirigiu ainda, em nome da Conferência Episcopal Portuguesa, uma palavra aos participantes do 50º Encontro de Peregrinação Anual dos Centros de Preparação para o Matrimónio, agradecendo aos “que desenvolvem esta pastoral de apoio aos casais que se preparam proximamente ao matrimónio”.

Ainda este domingo aconteceu mais um “encontro na Basílica” sobre “entrega até ao fim” com a ajuda da irmã Ana Luísa Castro, médica de formação e atual coordenadora do Posto de Socorros do Santuário de Fátima, a propósito de Santa Jacinta Marto. 

“Creio que contemplar a vida desta menina é já reacender esse lume no coração. Esta tarde, mais do que ensinar ou dizer algo novo sobre Santa Jacinta, gostava que o que ouvíssemos reacendesse o lume de Deus em cada um de nós”, referiu a religiosa no início do Encontro.

SN

Partilhar:
Share