Francisco prestou homenagem silenciosa aos videntes

Fátima, 13 mai 2017 (Ecclesia) – O Papa visitou hoje os túmulos dos pastorinhos de Fátima, Lúcia, Jacinta e Francisco, na Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima, onde permaneceu em oração durante cerca de três minutos.

Acompanhado pelo reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, e pelo bispo de Leiria-Fátima, Francisco rezou primeiro junto ao túmulo de Francisco e depois no mausoléu de Lúcia e Jacinta.

Num dos momentos mais reservados do programa desta primeira viagem a Portugal, iniciada na sexta-feira, o Papa permaneceu de pé, em silêncio, numa Basílica quase despida, em contraste com o ambiente de festa e os sons da multidão no recinto de oração.

O momento foi acompanhado por um grupo de jornalistas de vários meios, incluindo a Agência ECCLESIA.

Antes de entrar na Basílica, o Papa saudou um grupo de crianças, filhos de funcionários do Santuário de Fátima até aos dois anos, que o aguardavam; uma menina entregou a Francisco um solidéu, que o colocou na cabeça, devolvendo-o de seguida.

Antes de rezar diante dos túmulos dos pastorinhos, o Papa saudou o sacerdote mais idoso de Portugal, o padre Joaquim Cunha, com 104 anos.

O programa do Papa neste dia 13 de maio, sábado, começou às 09h10, num encontro com o primeiro-ministro português, António Costa, na Casa de Nossa Senhora do Carmo.

A Eucaristia da peregrinação internacional aniversária de maio, no Centenário das Aparições, tem início previsto para as 10h00, no recinto de oração do Santuário; durante a celebração, o Papa Francisco vai proferir a sua única homilia em Fátima e dirigir uma saudação aos doentes.

A Missa a que o Papa vai presidir inclui, no seu início, o rito de Canonização de Francisco e Jacinta Marto.

OC/PR

Partilhar:
Share