Tavira: Celebrações pascais envolvem comunidade ucraniana e oração especial pela paz 

Tavira, 10 abr 2022 (Ecclesia) – As celebrações da Semana Santa deste ano, na Paróquia de Tavira, vão ter o envolvimento da comunidade ucraniana algarvia e haverá vários momentos de oração pela paz neste país e em todo o mundo.

Momentos altos, das festais pascais em Tavira (Diocese do Algarve), são as suas procissões e, nelas, a comunidade ucraniana vai participar como é o caso da procissão deste Domingo de Ramos, às 17h00, saindo da Igreja de Nossa Senhora do Carmo e “um dos andores que vai ser transportado por membros da comunidade ucraniana”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na Sexta-feira Santa, às 21h00, terá lugar a Procissão do Enterro do Senhor, que sai da Igreja da Misericórdia e um dos andores vai “estar decorado com girassóis, flores que representam a Ucrânia”, estando presentes membros da comunidade algarvia.

As cerimónias vão ser dirigidas, não apenas pelo pároco de Tavira, padre Miguel Neto, mas pelo Padre Oleg Trushko, assistente da comunidade ucraniana Grego-católica na região.

“Os nossos jovens vão levar uma faixa que sinalizará o nosso desejo de estarmos em união com a Ucrânia, de rezarmos com o seu Povo, como nos pede o Santo Padre e o nosso bispo”, salienta o padre Miguel Neto,

No Domingo de Páscoa, dia 17 de abril, terá lugar a Procissão da Ressurreição, que sai da Igreja de São Paulo às 10h00 e percorrerá o Centro de Tavira.

“Noutras localidades do Algarve esta procissão é, também, conhecida como procissão das flores, pelo que deixo mais um desafio: que os que participarem tragam flores amarelas e azuis”, pede o Padre Miguel Neto.

“Vamos rezar pela cidade de Tavira, mas também pelas cidades mártires da Ucrânia, como Mariupol, pelas pessoas que nada têm, pelos que estão doentes e pelos que morreram, para que Cristo lhes garanta a ressurreição, que se celebra no dia de Páscoa”, afirma o Pároco de Tavira.

LFS

Partilhar:
Share

Data

10 Abr 2022
Expired!

Horário

8:00 - 18:00
Categoria

Últimas