Portugal: Igrejas celebram Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Lisboa, 14 jan 2023 (Ecclesia) – As  Igrejas em Portugal vão celebrar a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que se assinala de 18 a 25 de janeiro, no hemisfério norte, com o tema “Aprendei a fazer o bem e procurai a justiça”.

A Celebração Ecuménica Nacional, em data escolhida pelo Departamento do Diálogo Ecuménico da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) e a direção do Conselho Português das Igrejas Cristãs (COPIC), vai realiza-se no dia 21 de janeiro, pelas 16h00, na igreja Metodista do Mirante, no Porto.

Em Lisboa, a Vigília Ecuménica Jovem realiza-se no dia anterior, 20 de janeiro, pelas 21h30, na igreja do Campo Grande; esta celebração, que se realiza há vários anos, congrega grupos de várias Igrejas Cristãs.

A Arquidiocese de Braga informa que a celebração ecuménica nesta diocese vai ser acolhida pela Igreja Metodista, no dia 19 de janeiro, quinta-feira, às 21h00.

Este momento de oração na arquidiocese minhota vai ter a presença de D. Sifredo Teixeira, bispo da Igreja Metodista, D. Jorge Pina Cabral, da Igreja Lusitana (Comunhão Anglicana), e de D. José Cordeiro, Arcebispo de Braga.

Na Diocese de Angra, divulga o portal ‘Igreja Açores’, algumas iniciativas da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos vão realizar-se em Ponta Delgada e na ilha das Flores, “onde existe a tradição de celebrações ecuménicas apenas interrompidas durante o período da pandemia”; os materiais foram difundidos pelo Serviço Diocesano de Apoio ao diálogo Ecuménico.

Em Roma, o Papa Francisco vai presidir à celebração das Segundas Vésperas por ocasião da LVI Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, a 25 de janeiro, pelas 17h30 locais (menos uma hora em Lisboa), na Basílica de São Paulo Fora dos Muros, quando a Igreja Católica celebra a Conversão do Apóstolo Paulo (séc. I).

Os materiais da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2023 começaram a ser preparados por um grupo de trabalho, que articulou as leituras da Escritura, temas, músicas e celebrações, indicado pelo Conselho de Igrejas de Minnesota (EUA), “mais orientado a tratar desses históricos padrões raciais”, e escolheu um versículo do primeiro capítulo do profeta Isaías como tema: “Aprendei a fazer o bem, procurai a justiça, chamai à razão o espoliador, fazei justiça ao órfão, tomai a defesa da viúva” (1,17)”,

“O grupo de trabalho incluiu clérigos de várias gerações de Minnesota e lideranças leigas que trabalham na linha da frente destas temáticas. Os membros do grupo de redação do Minnesota esperam que suas experiências pessoais de racismo e desvalorização de seres humanos sirvam como testemunho da desumanidade dos filhos de Deus  uns para com  os  outros”, lê-se no subsídio.

Os subsídios preparados e publicados em conjunto pelo Dicastério para a Promoção da Unidade dos Cristãos (Santa Sé) e pelo Conselho Mundial de Igrejas podem ser descarregados no sítio online do organismo do Vaticano.

Portugal também já preparou o texto de base para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que foi vivida com o tema ‘Eis que estou à porta e bato’ (Apocalipse 3, 14-22), em 1996, o encontro preparatório realizou-se em Lisboa.

O ‘oitavário pela unidade da Igreja’, hoje com outra denominação, começou a ser celebrado em 1908, por iniciativa do norte-americano Paul Wattson, presbítero anglicano que mais tarde se converteu ao catolicismo.

O ecumenismo é o conjunto de iniciativas e atividades tendentes a favorecer o regresso à unidade dos cristãos, quebrada no passado por cismas e ruturas.

As principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas Ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra (Anglicana).

CB/OC

 

 

Partilhar:
Share
Tags:

Data

18 - 25 Jan 2023
Expired!

Horário

Todo o dia
Categoria

Últimas