Pastoral Juvenil: Diocese de Santarém organiza encontro «pós-JMJ»

Santarém, 14 set 2023 (Ecclesia) – O Comité Organizador Diocesano (COD)/Pastoral Juvenil de Santarém vai realizar um encontro pós-Jornada Mundial da Juventude (JMJ), para “recordar os melhores momentos, agradecer e construir o futuro”, a partir das 10h00, de 30 de setembro, no seminário.

“Esta atividade é essencialmente dedicada aos jovens da nossa Diocese, quer tenham participado, de qualquer das formas, na JMJ ou não”, informa o COD/Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil de Santarém

A organização convida a diocese a “viver juntos o pós-JMJ” e recordar os “melhores momentos, agradecer e construir o futuro”, no dia 30 de setembro, no Seminário de Santarém; esta “grande proposta” vai começar às 10h00 e termina “só depois de jantar”, e vão ter também “um momento mais aberto à comunidade”, principalmente às famílias de acolhimento.

As inscrições para este encontro, através de um formulário online, encerram no dia 28 de setembro, e têm o valor de 3,00€ (três euros), o Comité Organizador Diocesano/ Secretariado da Pastoral Juvenil de Santarém pede que a transferência seja feita pela aplicação (app) ‘Mbway’ para o número de telemóvel 914602210.

Para além deste encontro de âmbito diocesano, o COD/Pastoral Juvenil de Santarém informa que no dia seguinte, a 1 de outubro, este pós-JMJ é realizado a nível paroquial.

A primeira edição internacional de uma Jornada Mundial da Juventude em Portugal realizou-se de 1 a 6 de agosto, em Lisboa, e Santarém foi uma das três dioceses de acolhimentos dos jovens, com o Patriarcado e Setúbal.

A JMJ Lisboa 2023 teve mais de 1,5 milhões de participantes nas celebrações conclusivas, presididas pelo Papa Francisco, no Parque Tejo.

O bispo de Santarém, no dia 9 de agosto, publicou uma mensagem de agradecimento a quem permitiu a realização da JMJ, falando uma “realização marcante de Portugal para o mundo”.

“A Jornada Mundial da Juventude 2023, com a participação de mais de um milhão e quinhentos mil peregrinos e a presença do Papa Francisco foi uma realização marcante de Portugal para o mundo, pela beleza, qualidade e eficiência do seu programa e pelo sinal de fé e de esperança que os jovens manifestaram para a edificação do seu futuro na sociedade e na Igreja”, escreveu D. José Traquina, num texto enviado à Agência ECCLESIA.

Até hoje houve 15 edições internacionais da JMJ – que decorrem de forma alternada com celebrações anuais em cada diocese católica: Roma (1986), Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016), Panamá (2019) e Lisboa (2023).

A cidade de Seul, capital da Coreia do Sul, vai receber a 41ª JMJ, em 2027.

CB

 

Santarém: Bispo diocesano deixa mensagem de agradecimento a quem permitiu realização da JMJ

 

Partilhar:

Últimas AGENDA

Notícias do dia

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Scroll to Top