Itália: Cardeal, ministra e jornalista portugueses falam no «Meeting de Rimini»

Presidente da Conferência Episcopal Italiana incentivou à paz na Europa e afirmou que «compromisso como cristão» é desejo de pertencer à família humana e que «possa crescer»

Foto: Meeting de Rimini

Rimini, Itália, 22 ago 2023 (Ecclesia) – O cardeal português D. José Tolentino Mendonça, a jornalista Aura Miguel e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, integram a lista de convidados do ‘Meeting de Rimini’ 2023, que começou este domingo na cidade italiana.

O evento promovido pelo movimento ‘Comunhão e Libertação’ tem, este ano, o tema ‘A existência humana é uma amizade inesgotável’.

Segundo a organização, a iniciativa quer ser “um convite a descobrir, ou a redescobrir, a amizade no seu significado profundo, na sua força geradora, nas suas origens e nas suas perspetivas para a existência de cada homem e para a construção de uma nova sociabilidade”.

Foto: Meeting de Rimini

Este domingo, o presidente da Conferência Episcopal Italiana disse que a Europa “deve tentar de todas as formas ajudar as iniciativas de paz”, na homilia da Missa de abertura do do Meeting de Rimini 2023, informa o portal ‘Vatican News’.

“Para o fim do conflito na Ucrânia, a União Europeia faz muito pouco, deveria fazer muito mais. Deve tentar de todas as formas ajudar as iniciativas de paz, seguindo o convite do Papa para uma paz criativa”, assinalou o cardeal Matteo Maria Zuppi.

Segundo o arcebispo de Bolonha, “a amizade de todos os povos choca com antagonismos e polarizações”, preconceitos resistentes e digitalmente amplificados, “racismos amplificados e nunca inertes armam mentes, corações e mãos”, alertando que o “ar está poluído por tantas epidemias de inimizades”, mas e recordou que, como diz o Papa, “quando se está intoxicado, não se percebe mais”.

“Nosso compromisso como cristãos, como filhos de um Deus que é amigo da humanidade, é que o desejo de pertencer a uma família, à única família humana, possa crescer. A existência humana passa pelo amor de Deus, que chama cada um de nós de amigo, mesmo quando o traímos. Às vezes, preferimos não ser servos, mas senhores de nós mesmos. Nós somos amigos, não servos. Deus é amigo, não senhor. Vivamos estes dias com tantos testemunhos do passado e do presente para sermos também testemunhas de uma amizade que não termina em meio a tantas pandemias. O Papa pede uma amizade universal aberta que reúna o bem e leve à amizade de todos.”

O ‘Meeting de Rimini’ conta com conferências e encontros de debate, com a participação de responsáveis religiosos, da política, da cultura e da sociedade civil.

Segundo o programa, a jornalista Aura Miguel participa hoje, terça-feira, num painel sobre a herança do Papa Bento XVI; o cardeal português D. José Tolentino Mendonça, vai ter um diálogo com o escritor e poeta Daniele Mencarelli, esta quinta-feira, e, Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, neste mesmo dia, 24 de agosto, também intervém no ‘Meeting de Rimini’.

“Num contexto como o atual, onde imperam a guerra e a violência, o diálogo é, com efeito, o único caminho possível ao homem para voltar a reconhecer que o outro é um bem e desejar a paz e trabalhar por ela”, indicam os promotores do encontro, em nota divulgada pelo portal de notícias do Vaticano.

O ‘Meeting de Rimini’, até 25 de agosto, conta com transmissão online, e pode ser acompanhado em espanhol, inglês e italiano.

OC/CB

 

Vaticano: Papa pede gestos concretos de paz, perante «epidemia de inimizade»

Partilhar:

Últimas AGENDA

Notícias do dia

Fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  
Scroll to Top