Fátima: «A pandemia, a guerra e os pobres» é o tema do encontro da Pastoral Social

Lisboa, 16 ago 2022 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional da Pastoral Social divulgou o programa do 34º encontro deste setor que vai ter como tema ‘A pandemia, a guerra e os pobres’ e realiza-se de 17 a 19 de outubro, no ‘Steyler Fátima Hotel’, em Fátima.

No programa enviado hoje à Agência ECCLESIA, o Secretariado Nacional da Pastoral Social informa que vão começar por ‘ver/escutar’, para nos dois dias seguintes do Encontro da Pastoral Social 2022 refletirem sobre ‘critérios’ e ‘para o agir concreto’.

‘Linhas de pobreza e exclusão em Portugal’ é o tema da conferência de abertura, apresentada pelo economista Nuno Alves, da Cáritas Portuguesa e do Banco de Portugal, após a intervenção de D. José Ornelas e de D. José Traquina, respetivamente o presidente da CEP e o presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana (CEPSMH), às 15h00.

Depois, para apresentarem “uma leitura da realidade” da pandemia e da guerra, foram convidados João Pereira, da Cáritas Portuguesa, e José Esperança da Silva, da Cáritas Diocesana de Lisboa.

No dia 18 de outubro, o padre José Manuel Pereira de Almeida, da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, vai apresentar a conferência ‘para uma hermenêutica do social a partir da experiência cristã’, às 09h30, antes de um painel que vai fazer uma leitura da realidade a partir de aspetos relacionados com os “vulneráveis”, os cuidados de saúde, e a guerra.

A tarde deste segundo dia do Encontro da Pastoral Social é marcada pela reflexão em trabalhos de grupo e o plenário e síntese, moderado pelo jornalista Paulo Rocha, diretor da Agência ECCLESIA.

‘Para o agir concreto’ marca o encerramento do Encontro da Pastoral Social 2022, com um painel centrado nas transições demográfica, ecológica e digital, moderado pela jornalista Lígia Silveira, outro sobre as ‘perspetivas sociais na JMJ Lisboa 2023’ e a conferência ‘o que faz uma fronteira’, de Inês Espada Vieira, professora da Universidade Católica Portuguesa (UCP).

Este encontro promovido pela Igreja Católica em Portugal é organizado pelo Secretariado Nacional da Pastoral Social, que divulgou o programa e o endereço para as inscrições online, e pela Comissão Nacional da Pastoral da Saúde.

O padre José Manuel Pereira de Almeida, secretário da CEPSMH, recordou que as Jornadas Sociais Europeias 2022 foram um “verdadeiro processo de sinodalidade”, segundo o cardeal Jean-Claude Hollerich, arcebispo do Luxemburgo e presidente da COMECE – Comissão dos Episcopados Católicos da União Europeia, e é nesse mesmo sentido que pretendem realizar o 34º Encontro da Pastoral Social em Portugal.

LFS/CB

 

Notícia atualizada às 17h00 de 16.08.2022

Partilhar:
Share
  • 00

    dias

  • 00

    horas

  • 00

    minutos

  • 00

    segundos

Data

17 - 19 Out 2022

Horário

Todo o dia
Categoria

Últimas