Direito Canónico: Legislação penal na Igreja e violência doméstica em análise no Encontro Nacional para Juristas

Lisboa, 30 jun 2022 (Ecclesia) – A Associação Portuguesa de Canonistas vai promover o XIII Encontro Nacional para Juristas nos dias 6 a 9 de setembro, para analisar a “nova legislação penal da Igreja”, a “luta contra violência doméstica” e a gestão dos Centros Sociais Paroquiais.

De acordo com um comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o Encontro Nacional para Juristas neste ano 2022 “abordará temas de especial interesse nas atuais circunstâncias para a vida da Igreja e da sociedade”.

“Entre os conferencistas, merece especial destaque o Sr. D. Juan Ignacio Arrieta, Secretário do Dicastério para os Textos Legislativos, o qual abordará, sob vários aspetos, a nova legislação penal da Igreja, quer na luta da Igreja conta o abuso de menores, quer os novos delitos de natureza patrimonial contemplados nas novas normas do Código de Direito Canónico”, indica o comunicado

De acordo a informação da Associação Portuguesa de Canonistas, “o programa prevê, ainda, uma conferência sobre a relevância da luta contra violência doméstica e a separação canónica dos cônjuges, pelo Rev. Pe. Pedro Miranda, e duas conferências sobre o perfil jurídico e a gestão dos Centros Sociais Paroquiais, a cargo, respetivamente, do Rev. Pe. Doutor Manuel Luís e do Juiz Conselheiro Sr. J. Almeida Lopes”.

“Uma referência especial far-se-á, também, ao recente acordo entre a Santa Sé e a República Popular de Angola, a cargo do Fr. Adão Maximiano”, acrescenta.

XIII Encontro Nacional para Juristas vai decorrer na Casa de Nossa Senhora do Carmo, em Fátima, e tem como coordenador o padre Pedro Miranda.

No sítio da internet da Associação Portuguesa de Canonistas, em www.apcanonistas.org estão publicadas todas as informações sobre o programa e a inscrição.

PR

Partilhar:
Share
  • 00

    dias

  • 00

    horas

  • 00

    minutos

  • 00

    segundos

Data

06 - 09 Set 2022

Horário

Todo o dia
Categoria

Últimas