Cultura: D. José Tolentino Mendonça recebe Doutoramento Honoris Causa na Universidade de Aveiro

Academia vai distinguir também Céline Cousteau, «ativista ambiental, palestrante internacional, documentarista» e autora comprometida com a «interligação entre a humanidade e o mundo natural»

Foto: Universidade de Aveiro

Lisboa, 09 dez 2023 (Ecclesia) – O cardeal José Tolentino Mendonça e a autora de documentários sobre biodiversidade Céline Cousteau vão receber o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Aveiro (UA) na cerimónia de comemoração dos 50 anos da Academia, no dia 15 de dezembro.

“Tolentino de Mendonça tem uma visão agregadora do mundo e a capacidade de trazer para a discussão dos problemas do nosso tempo uma clara dimensão cultural. É capaz de dissecar os problemas da vida contemporânea até ao essencial, levantando fio por fio a teia que nos prende ao acessório, e trazendo à superfície o valor da cultura”, pode ler-se na página da UA, explicando o reconhecimento.

No cardeal português e no seu trabalho, a Academia reconhece valores que conduzem a instituição: “uma Universidade plural, multidisciplinar, transfronteiriça, ao serviço da humanidade, que constrói a sua unidade e coesão sustentada no pensamento próprio, crítico e diferenciador”.

A sessão decorre dia 15 de dezembro, a partir das 14h15, no auditório Renato Araújo, da Universidade de Aveiro.

Céline Cousteau é “ativista ambiental, palestrante internacional, documentarista, facilitadora”, autora comprometida com a “interligação entre a humanidade e o mundo natural” e tem percorrido o mundo a “narrar histórias e experiências para ajudar as pessoas a ligarem-se consigo mesmas, com as suas comunidades e com a Natureza”.

“O caminho de Céline Cousteau e da UA cruzam-se na preocupação com o meio ambiente, a sustentabilidade e os oceanos, mas também com a comunicação, a arte e as pessoas. A UA, com a sua matriz distintiva e plural, reúne valências, científicas e técnicas, nas áreas da Biologia, Ciências do Mar e Ciências e Tecnologias da Comunicação, áreas estas em que Céline Cousteau se destaca, conjugando-as e utilizando-as na defesa do ambiente e da vida”, pode ler-se na notícia que explica a atribuição do Doutoramento Honoruis Causa.

Neta do explorador oceânico Jacques Cousteau, “não se limitou a navegar debaixo da vela do avô”, formou-se em Psicologia, em Arte de Estúdio e em Gestão Internacional e Intercultural.

A UA apresenta a fundadora e CEO da Cause Centric Productions, “que produz e distribui conteúdos multimédia que dão voz a organizações e indivíduos que trabalham em questões ambientais e socioculturais” e também do Outdoor Film Fellowship, “um programa de bolsas de cinema que capacita jovens cineastas, criativos e ativistas para motivar a mudança através da narração de histórias”.

O cardeal José Tolentino de Mendonça é biblista, poeta e ensaísta, e, desde 2022, prefeito do Dicastério para a Cultura e a Educação.

Em 2018, o Papa Francisco nomeou-o arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca Apostólica, nomeando-o Arcebispo de Suava, tendo sido elevado a cardeal no ano seguinte.

D. José Tolentino Mendonça nasceu na Ilha da Madeira, em 1965 e foi ordenado padre em 1990, data de publicação do seu primeiro livro de poesia, e desde então tem vasta publicação em áreas como a poesia, ensaio, pastoral, teologia e crónicas.

LS

Partilhar:

Últimas AGENDA

Notícias do dia

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
plugins premium WordPress
Scroll to Top