Coimbra: Movimento debate «A Arte de Humanizar em Cuidados Intensivos»

Coimbra, 17 mai 2024 (Ecclesia) – O Movimento Humanizar a Saúde em Coimbra vai promover uma conferência sobre “A Arte de Humanizar em Cuidados Intensivos”, no dia 3 de junho, às 21h00, no Seminário Maior de Coimbra.

“Nesta Sessão serão apresentados e discutidos exemplos de humanização de cuidados em UCIs (de adultos e pediátricas) e contará com as intervenções de Alexandra Dinis (médica pediatra), Joana Carrington Queiró (médica), Liliana Costa Marques (testemunho pessoal) e Maria Helena Dias Pires (enfermeira)”, indica um comunicado enviado à Agência ECCLESIA, acrescentando que a moderação vai estar a cargo  do médico Paulo Martins.

Movimento Humanizar a Saúde em Coimbra, que promove esta conferência, “é um movimento de intervenção cívica, constituído por personalidades de Coimbra preocupadas com a humanização dos cuidados de saúde prestados na cidade, e tem como propósito promover a sua melhoria através de múltiplas iniciativas”.

A partir da designação genérica “Humanizar com Arte” o movimento tem organizado um conjunto de atividades que proporcionem um “tempo de reflexão e debate sobre a humanização em Saúde”, sendo a próxima sobre os Cuidados Intensivos.

“Num Hospital, uma Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) caracteriza-se pela sua acentuada diferenciação tecnológica, pela constante monitorização das funções vitais e pela complexidade dos tratamentos administrados a doentes em situações clínicas muito graves, os chamados doentes críticos”, refere o comunicado.

O Movimento Humanizar a Saúde em Coimbra lembra que o ambiente de uma UCI é de “grande intensidade emocional” para doentes, familiares e profissionais, “correndo-se um risco real de despersonalização do doente em tratamento”.

“Chamamos ‘A Arte de Humanizar’ às atitudes assumidas na UCI para garantir que cada corpo em tratamento é permanentemente considerado não só como uma estrutura orgânica doente mas, acima de tudo, como um corpo que pertence a uma Pessoa detentora da sua dignidade, individualidade, sensibilidade e com características próprias”, acrescenta o comunicado

O tema vai estar em debate no dia 3, no Seminário Maior de Coimbra, com participação livre, sendo possível  encontrar mais informações sobre esta iniciativa em humanizarsaudecoimbra.pt.

PR

Partilhar:

Últimas AGENDA

Notícias do dia

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
plugins premium WordPress
Scroll to Top