Aveiro: Diocese promove conferência sobre «a paz e o diálogo entre culturas e religiões»

Aveiro, 07 fev 2024 (Ecclesia) – A Diocese de Aveiro vai promover uma conferência com o presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP), sobre o tema ‘A paz e o diálogo entre culturas e religiões’, no dia 23 de fevereiro, em Oiã.

A organização da Comissão dos 600 anos da Catedral da Diocese de Aveiro convidou Pedro Vaz Patto para ser o orador convidado da segunda conferência jubilar, que começa às 21h00, no auditório da Junta de Freguesia de Oiã (Oliveira do Bairro).

‘A paz e o diálogo entre culturas e religiões’, é o tema que vai ser apresentado pelo presidente da CNJP, organismo laical da Igreja Católica em Portugal, no próximo dia 23; Pedro Vaz Patto é juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto e também representa a Conferência Episcopal Portuguesa na Comissão de Assuntos Jurídicos da COMECE – Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia.

No dia 20 de outubro de 2023, a Diocese de Aveiro deu início ao programa do Jubileu da Catedral, com o propósito de desenvolver-se “de vários modos e acontecimentos e alcance todos os arciprestados”, do qual constam três conferências jubilares.

A terceira e última conferência é uma mesa redonda, sobre o ‘Futuro da Igreja ou que Igreja de futuro’, no dia 12 de abril, no Museu Marítimo de Ílhavo.

Neste evento vão participar o bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, a reitora da Universidade Católica Portuguesa, Isabel Capeloa Gil, e o padre José Miguel Fraga Cardoso, do Dicastério para a Cultura e Educação da Santa Sé.

Na primeira conferência, o bispo D. Carlos Azevedo, delegado do Comité Pontifício para as Ciências Históricas da Santa Sé, abordou o tema ‘O contexto eclesial do séc. XV e os desafios que trouxe à Igreja’, no dia 24 de outubro.

O programa Jubilar da Catedral de Aveiro conta também com duas encenações teatrais, cinco concertos musicais, uma exposição no corredor da Sé, que vai permitir “revisitar a Igreja no seu passado, viver o seu presente e incentivarmos na construção do seu futuro”.

O Papa Pio XI restaurou a Diocese de Aveiro, com a bula Omnium Ecclesiarum, de 24 de agosto de 1938, e, no dia 11 de dezembro do mesmo ano, D. João Evangelista de Lima Vidal “executou essa bula papal”, a igreja do Convento dominicano de Nossa Senhora da Misericórdia de Aveiro, que já era igreja matriz da Paróquia de Nossa Senhora da Glória, passou também a ser a Catedral da diocese.

CB

Partilhar:

Últimas AGENDA

Notícias do dia

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
plugins premium WordPress
Scroll to Top