Açores: Festas do Senhor Santo Cristo têm um “novo” formato

Foto DR

Ponta Delgada, Açores, 04 Mai 2022 (Ecclesia) – As Festas do Senhor Santo Cristo, suspensas há dois anos devido à pandemia de covid-19, voltam a realizar-se este ano, de 14 e 26 de maio, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, num “novo formato”.

“Além da maior proximidade entre a Imagem e os peregrinos, durante mais tempo e de uma forma diferente, o Santuário decidiu também alargar o número de missas dos doentes e pessoas vulneráveis, começando na segunda-feira que precede a festa (dia 16 de maio), sempre às 10h00, na Igreja do Santuário”, lê-se no site Igreja Açores.

Assim, a festa do Senhor Santo Cristo decorrerá entre 14 e 26 de maio, com particular destaque para 20, 21 e 22 de maio.

A imagem sairá para o adro da Igreja do Santuário logo na sexta-feira, dia 20 de maio, a partir das 21h00, coincidindo com a abertura das luzes no Campo de São Francisco, que durante o fim-de-semana se transformará “num enorme recinto de oração, sem qualquer elemento de distração”.

“Até domingo à meia noite queremos que o Campo se transforme na Casa do Senhor e seja, por isso, um espaço de vigília, silêncio e oração” disse ao sítio Igreja Açores o Reitor, cónego Adriano Borges.

Ao contrário do que acontecia, a Imagem do Ecce Homo sairá logo na sexta-feira às 21h00 e ficará no adro da Igreja até à meia noite, altura em que será levada para a Igreja de São José, onde decorrerá a primeira vigília.

No sábado às 08h00, depois da missa, voltará para o adro até às 13h00 e nessa altura recolherá ao Santuário e voltará a sair às 16h30 para a habitual mudança da Imagem, mas já sem a formalidade do ato de entrega da Imagem ao provedor da irmandade, na chamada `porta do carro´.

Terminada a procissão e as promessas de sábado, a Imagem permanecerá no adro até à meia-noite e nessa altura recolherá novamente à Igreja de São José até domingo às 9h00, momento em que será transladada para o Campo para a habitual Missa Campal do Domingo do Senhor Santo Cristo, que será presidida pelo cardeal Tolentino Mendonça, arquivista e bibliotecário da Santa Sé.

Nesse dia, haverá ainda a tradicional missa dos peregrinos, pelas 06h00, na Igreja de São José.

Depois da Missa a Imagem ficará no adro da Igreja, recolhendo ao Convento apenas às 14h00 para ser preparada para a grande procissão, que percorrerá as principais artérias da cidade de Ponta Delgada.

No final da procissão, que durará cerca de quatro horas, e depois de prestadas todas as honras pelos peregrinos a imagem permanecerá até à meia-noite no adro da Igreja do Santuário pelo terceiro dia consecutivo.

“É uma maneira de garantir que mais pessoas possam estar junto do Senhor, com maior segurança” explica o cónego Adriano Borges.

As festas voltarão a ser transmitidas on-line, pela RTP Açores e RTP Internacional.

A Câmara de Ponta Delgada assinou esta terça-feira um protocolo com a Irmandade do Santo Cristo que prevê a atribuição de 45 mil euros para a organização do “tradicional programa das festividades” este ano.

“A autarquia vai atribuir à irmandade uma comparticipação financeira no montante global de 45 mil euros”, lê-se na nota de imprensa.

O protocolo prevê ainda a “concessão do Direito do Terrado na área tradicional das festas”, o Campo de São Francisco, de 20 a 28 de maio, o que “corresponde a uma estimativa de proveitos na ordem dos 45 mil euros”.

“Em contrapartida, a Irmandade compromete-se a organizar o tradicional programa das festividades”, adianta o município.

LFS

Partilhar:
Share

Data

14 - 26 Mai 2022
Expired!

Horário

Todo o dia
Categoria

Últimas