Fátima, 21 fev 2019 (Ecclesia) – As jornadas do Museu do Santuário de Fátima realizam-se dia 23 de março, no Centro Pastoral de Paulo VI, e vão centrar-se no tema «Museus da Igreja, Memória de Todos».

Depois da sessão de abertura, às 10h00, feita pelo padre Carlos Cabecinhas (reitor do Santuário de Fátima) e Marco Daniel Duarte (diretor do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima) realiza-se um painel com uma conferência sobre «O papel dos museus da Igreja no século XXI» por Fernando António Baptista Pereira (professor da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa) e outra sobre «Para a história do Museu do Santuário de Fátima» com Marco Daniel Duarte, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«As exposições temporárias do Museu do Santuário de Fátima» por Maria Isabel Roque (professora da Universidade Europeia) e «Particularidades de um espólio: desafios à conservação e restauro a partir da experiência do tratamento das ofertas dos peregrinos de Fátima» por Ana Rita Santos (coordenadora do Serviço de Conservação e Restauro do Património do Museu do Santuário de Fátima) são os temas das conferências da tarde desta jornada.

Esta iniciativa encerra com uma visita guiada à exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições “Capela-Múndi”

Criado em 1955 para fazer perdurar a memória dos protagonistas de Fátima e do Santuário da Cova da Iria, o Museu do Santuário de Fátima “custodia os mais diversos testemunhos materiais de grande valia histórica, artística e antropológica”.

LFS

Partilhar:
Share