Pax Christi Internacional apela à participação nas eleições de maio com critérios de «solidariedade» e «fraternidade»

Lisboa, 04 abr 2019 (Ecclesia) – O movimento católico internacional ‘Pax Christi’ alertou para o aumento dos discursos populistas e nacionalistas na Europa, apelando à manutenção de um projeto comunitário fundado na solidariedade.

“Políticos com programas nacionalistas e populistas rejeitam a ideia de diversidade e cooperação europeia, em vez de permanecerem abertos e tolerantes e de enfrentar os desafios europeus de forma conjunta, como é necessário”, assinala um manifesto das organizações da Pax Christi ligadas ao movimento de paz católico, incluindo o secretariado português, por ocasião da eleição dos membros do Parlamento Europeu (23-26 de maio de 2019).

A organização convida candidatos e cidadãos a “escolher um projeto europeu renovado baseado na solidariedade, na fraternidade e na paz”.

O manifesto lamenta que, face à atual vaga de migrações, se tenham multiplicado propostas de “erguer muros” e discursos que “associam os imigrantes ao terror e ao possível desaparecimento da identidade, cultura e valores tradicionais” europeus.

“Instamos os nossos membros e concidadãos europeus a terem uma visão crítica dos programas e manifestos dos partidos políticos europeus e candidatos individuais às eleições para o Parlamento Europeu, com vista a escolher aqueles que apoiam a Europa como um projeto de paz”, pode ler-se, no documento enviado à Agência ECCLESIA.

A Pax Christi sublinha a importância de manter valores fundamentais, como “o respeito pela dignidade humana, a democracia e os direitos humanos”.

O organismo católico manifesta preocupações com temas como “a defesa do ambiente, o desenvolvimento sustentável, a educação para a paz e o desarmamento nuclear”, criticando as exportações de armas dos Estados-Membros da União Europeia.

“Enquanto populistas e nacionalistas estão a fazer ouvir a sua voz no período que antecede as eleições para o Parlamento Europeu, vamos agir e convencer as pessoas a participarem nas eleições e apoiarem a Europa que queremos: uma Europa pacífica, fraterna e voltada para um futuro para todas as mulheres e todos os homens de boa vontade”, conclui o apelo conjunto da ‘Pax Christi International’ e vários dos seus membros nacionais.

OC

Partilhar:
Share