Religioso português é delegado para conjunto de circunscrições lusófonas e da América Latina

Lisboa, 14 set 2020 (Ecclesia) – O religioso português Tony Neves, missionário espiritano, foi nomeado para novas funções no governo central da congregação, após a demissão assistente geral, padre Maurice Shortall.

O padre Tony Neves foi delegado para atuar como correspondente para as circunscrições do Alto Juruá, Amazónia, Bolívia, Brasil, Brasil Sudoeste, México, Paraguai, Portugal, Porto Rico/República Dominicana e Espanha, bem como a União de Circunscrições da América Latina, refere um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

O religioso português reside em Roma há dois anos, depois de ter sido nomeado coordenador para a Justiça, Paz e Integridade da Criação e Diálogo Inter-religioso.

“Somos três mil missionários e estamos espalhados, pelos cinco continentes, em 67 países, as missões são realizadas em contextos de muita dificuldade, onde há guerra, violência generalizada, pobreza e conflitos de toda a espécie, a área da Justiça, Paz, Integridade da criação e diálogo religioso torna-se fundamental para a nossa missão”, referiu o religioso, na última semana, em entrevista à Agência ECCLESIA.

OC

Missões: «O importante é que consiga ir às linhas da frente de missão» – padre Tony Neves (c/vídeo)

Partilhar:
Share