Arcebispo de Braga dirige videomensagem aos finalistas que teriam este sábado a cerimónia da bênção, cancelada devido à pandemia

Braga, 09 mai 2020 (Ecclesia) – D. Jorge Ortiga dirige-se aos estudantes finalistas, que teriam este sábado a cerimónia da bênção, cancelada devido à pandemia, numa videomensagem onde deseja “gritar a cada um” a sua solidariedade.

“Nesta hora complicada quero gritar a cada um a minha solidariedade e compromisso para que juntos lancemos os alicerces de uma sociedade verdadeiramente humana”, afirma D. Jorge Ortiga no vídeo publicado hoje no Facebook da Pastoral Universitária de Braga. 

Neste dia, 09 de maio, estava agendada a bênção dos finalistas e o arcebispo considera ser ”um dia para celebrar o final do percurso académico, um dos momentos mais importantes” mas que agora, perante o confinamento, traz “novos desafios”. 

“Perante as preocupantes vulnerabilidades sociais e as incertezas do futuro”, D. Jorge Ortiga relembra que neste tempo também surgiram “verdadeiros testemunhos de humanismo e serviço ao outro” e que “são estas as histórias” em que se devem apoiar.

“O mundo não está preparado para enfrentar uma pandemia à escala global se os habitantes viveram fechados em si mesmos por isso é hora de vos levantardes e de responderes ao chamamento que vos é dirigido, agora mais que nunca com a presença ativa no mundo”, aponta.

Na sua mensagem o arcebispo de Braga cita ainda o Papa Francisco apelando a que a juventude “desempenhe um papel ativo numa sociedade mais equitativa e justa”.

No dia em que estariam a celebrar o final do curso D. Jorge dirige-se aos finalistas para que possam ter a oportunidade de agradecer a “toda a comunidade que os trouxe até este ponto da vida”.

“Agradecei aos vossos familiares, amigos, professores e aos que vos mostraram o rosto de Cristo, vos ensinaram os valores, cultura e limparam as lágrimas em momentos menos fáceis e vos dirigiram a palavra certa”, afirma.

Reforça ainda que, nesta fase, a “Igreja não vos abandona, aparecei, juntos poderemos fazer coisas maravilhosas”.

“Vós, finalistas, sois capazes de pensar um mundo melhor? Se sim, vamos todos construí-lo e ser felizes!”, termina a videomensagem

SN

Partilhar:
Share