Filipa Pires Almeida, da ACEGE Next, integra delegação portuguesa que vai estar com o Papa Francisco, em março

Lisboa, 29 jan 2020 (Ecclesia) – Filipa Pires Almeida, da ACEGE Next, afirma que o encontro convocado pelo Papa sobre a “Economia de Francisco”, que se vai realizar de 26 a 28 de março, em Assis (Itália), vai de encontro às preocupações das novas gerações.

“Temos muitas preocupações, não só no que diz respeito às preocupações ambientais – às vezes achamos que é só isso -, mas também em promover um crescimento económico que redistribua riqueza e gere per se riqueza para todos, sem deixar ninguém para trás”, explicou, em entrevista à Agência ECCLESIA.

Filipa Pires Almeida, que integra o núcleo jovem da Associação Cristã de Empresários e Gestores, afirma que hoje há “outro tipo de crise económica”, contextualizando que, “há 50 anos, quando começou o World Economic Forum (Fórum Económico Mundial), estavam a sair da II Guerra Mundial”.

“O capitalismo que foi o sistema económico que trouxe grande crescimento dos últimos 50 anos não teve só coisas boas; hoje, cabe-nos a nós imaginar e pensar que novo tipo de capitalismo queremos para o nosso futuro – que tem obrigatoriamente também de ter em atenção o que nos pede o Papa, uma ecologia integral”, desenvolveu.

A entrevistada integra a delegação portuguesa, de 50 pessoas, que vai participar  no encontro ‘A economia de Francisco’, com outros jovens economistas, empresários e empresárias de todo o mundo.

Sobre a sua motivação para participar no encontro económico, Filipa Pires Almeida, adianta que já tinha sido tocada a refletir sobre como “a economia e o crescimento económico, por vezes, provoca desigualdade social e, também, alguns problemas ao nível ambiental”, a partir de alertas deixados pelo Papa Francisco e pelo seu antecessor, Bento XVI.

“Sempre foi um assunto que me preocupou e também tenho vindo, nos últimos anos, a trabalhar nesta área. Quando vi o apelo do Papa fiquei muito feliz e foi uma continuidade de tudo o que tenho vindo a fazer nesta área”, observou.

Os cerca de 50 jovens portugueses selecionados para irem a Assis estão a organizar uma angariação de fundos, apelando “à solidariedade das empresas, fundações e qualquer português que queria contribuir”, e criaram um grupo na rede social Facebook, onde partilham várias informações: – IBAN: PT50-0023-0000-45591906148-94; NIB:0023-0000-45591906148-94; BIC/SWIFT: ACTVPTPL.

Em Portugal, o encontro internacional em Assis está a ser preparado com várias sessões de estudo e reflexão que dão a conhecer a encíclica papal ‘Laudato Si’.

A cada terça-feira, até à data do encontro de Assis, o programa Ecclesia, na RTP 2, traz testemunhos de jovens que vão participar no evento.

HM/CB/OC

 

Partilhar:
Share