Iniciativa assinala 50 anos com atenção às alterações climáticas

Lisboa, 21 abr 2020 (Ecclesia) – O Papa vai unir-se esta quarta-feira a uma maratona virtual que visa assinalar o Dia da Terra, iniciativa que chega em 2020 aos 50 anos, dedicando a sua atenção às alterações climáticas.

As várias mensagens, atuações e apelos vão ser transmitidos online, ao longo de 12 horas, no site earthday.org, acompanhadas pela hashtag #EarthDay2020, no Twitter.

As celebrações começam na Itália, onde o comité local decidiu homenagear o 5.º aniversário da encíclica ‘Laudato Si’, do Papa Francisco.

A “maratona virtual” foi a forma de assinalar a data, num ano marcado pela pandemia de Covid-19 e as limitações à aglomeração de pessoas.

No 5.º aniversário da sua encíclica ecológica e social, o Papa convocou uma Semana “Laudato Si”, de 16 a 24 de maio.

“Que tipo de mundo queremos deixar para aqueles que nos sucedem, as crianças que estão crescendo? Motivado por essa pergunta, gostaria de convidá-los a participar na Semana Laudato Si”, refere Francisco, num vídeo

A Semana “Laudato Si” tem o apoio do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, com o Movimento Católico Global pelo Clima e o Renova+.

Já no final de março, o Vaticano lançou um novo documento sobre a água, ‘Aqua fons vitae’ (água, fonte de vida), no qual desafia as paróquias de todo o mundo a abandonar o uso de garrafas de plástico e a investir em sistemas amigos do ambiente.

A proposta é apresentada pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (Santa Sé), um organismo criado no pontificado do Papa Francisco.

Segundo o Vaticano, é urgente “abandonar ao máximo o uso de garrafas plásticas descartáveis e contribuir para a separação de resíduos”.

OC

Partilhar:
Share