D. Vitorino Soares lembrou necessidade de servir a Igreja, começando por conquistar o coração dos seus fiéis

Porto, 12 jul 2020 (Ecclesia) – D. Vitorino Soares, bispo auxiliar do Porto e reitor do Seminário maior da diocese, presidiu hoje à ordenação de seis padres e três diáconos, na catedral portuense.

A celebração não contou com a presença de D. Manuel Linda, bispo do Porto, que se encontra em confinamento profilático social, apesar dos testes negativos à Covid-19.

A parábola do semeador e da semente, proposta pela liturgia do dia, foi o ponto de partida da reflexão escrita por D. Manuel Linda e proferida pelo presidente da celebração, que sublinhou aos novos sacerdotes e diáconos o centro da ação pastoral.

“Esta não consiste num anúncio ‘profissional’ e rotineiro”, advertiu, mas em “tornar os corações simpáticos e acolhedores para depois lhes anunciar a Palavra que gera a vida”.

D. Vitorino Soares defendeu que é preciso fazer isso “à maneira de Jesus”, mas com o cuidado “de não se tornar um líder popularucho”.

Se quereis servir a Igreja de Deus do Porto, começai por conquistar o coração dos seus fiéis. Dedicai-vos a eles, vivei para eles, sofrei com eles, alegrai-vos com eles, amai-os com um amor misericordioso e clemente”.

O bispo auxiliar do Porto pediu ainda uma atenção especial aos mais desprotegidos.

“Não vos afasteis deles por um estatuto social de importância, não vos sobreponhais aos pobres pelo luxo e pela ostentação, não vos ligueis a grupos de qualquer género que apenas querem satisfazer as suas manias, mesmo escandalizando a maioria”, referiu D. Vitorino Soares.

Três dos novos sacerdotes fizeram a sua formação no Seminário de Nossa Senhora da Conceição do Porto: César Abílio Ventura Pinto, de 29 anos; Filipe Martins de Sousa Vales, 28 anos; José da Silva Coelho, 30 anos.

Dois dos novos padres são oriundos da República Dominicana e fizeram a sua formação no Seminário ‘Redemptoris Mater’ do Porto: José Almonte Jesús, de 31 anos; Misael Fermín Fermín Calderón, 28 anos.

José Joaquim Mendes da Costa de 29 anos, pertence à Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus (Dehonianos).

Os três novos diáconos são: Carlos Maurício Sacta Llivisaca, Davide Manuel Almeida da Costa e José Pedro de Magalhães Novais.

HM/OC

Ordenações 2020

Partilhar:
Share