Lisboa, 02 dez 2013 (Ecclesia) – Comunidade Fé e Luz foi reconhecida pela paróquia de de S. João Baptista de Vila de Conde no dia 30 de novembro, onde dinamiza a pastoral, nomeadamente a catequese, junto de pessoas com deficiência.

Após um período experimental de três anos, esta comunidade fixa-se em Vila de Conde onde vai levar, em tempo de advento, “uma nova luz”, marcada pelo fortalecimento da fé testemunhado “pela fragilidade” das pessoas com deficiências, refere o padre Paulo César Pereira Dias em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

O projeto Fé e Luz, em Vila do Conde, surge por causa da “da dificuldade de fazer catequese com crianças com necessidades especiais”, refere o mesmo comunicado.

A Comunidade Fé e Luz promove os encontros mensais onde “jovens e adultos quebram fronteiras e deixam-se contagiar pela simplicidade e força da fé” de pessoas com deficiência.

Os encontros, centrados na pessoa com deficiência e nas suas famílias, são “momentos de acolhimento da Palavra, oração e atividades dinâmicas, nos quais a música, a dança, os teatros e o carinho desenvolvem os dons de cada um”, conclui pároco de S. João Baptista de Vila de Conde, padre Paulo César.

O Movimento Fé e Luz é um movimento de leigos, fundado em França há 40 anos por Jean Vanier (fundador da “Arche”) e Marie Hélène Mathieu (Educadora especializada em trabalho com pessoas com deficiência) com o objetivo de fomentar a integração das pessoas com uma deficiência mental nos seus contextos naturais e, em especial, na Igreja.

CP/PR 

Partilhar:
Share