A Sé do Funchal encheu-se ontem para a celebração das Bodas de ouro Sacerdotais de D. Teodoro de Faria, Bispo local. Na ocasião foi lida uma mensagem de Bento XVI para manifestar “a Comunhão nesta data festiva e afirmar a nossa união no Episcopado. D. Teodoro de Faria vai regressar hoje à tarde à igreja paroquial de Santo António, onde foi baptizado, recebeu o Sacramento da Confirmação e presidiu à celebração da sua Primeira Missa, no ano de 1956. O actual Bispo do Funchal nasceu a 24 de Agosto de 1930, na freguesia de Santo António do Funchal, filho de Henrique de Faria Júnior e Augusta Fernandes Pimenta. Foi baptizado a 21 de Setembro do mesmo ano, na igreja paroquial de Santo António, circunstância que o temos ouvido salientar publicamente, em algumas homilias. Recebeu o Sacramento do Crisma a 18 de Julho de 1937. Ordenou-se de Minorista aos 4, 5 e 7 de Março de 1955, de Subdiácono a 25 de Fevereiro de 1956, de Diácono a 26 de Maio de 1956, e de Presbítero a 22 de Setembro de 1956. Começou o seu múnus sacerdotal, sendo Cura da paróquia onde nasceu: Santo António do Funchal, acumulando ao mesmo tempo como Capelão da Casa de São João de Deus, no Trapiche, tendo sido nomeado a 11 de Outubro de 1956. Foi Professor do Seminário Maior em 1962, e Director da Escola de Senhoras dos Cursos de Cristandade, em Agosto de 1964. A 10 de Outubro de 1957, foi enviado a estudar na Universidade Gregoriana em Roma. Hospedou-se no Colégio Português em Roma, onde foi posteriormente Vice-Reitor, e logo Reitor. Sucedendo ao Bispo D. Francisco Santana, falecido a 5 de Março de 1982, D. Teodoro foi nomeado, cinco dias depois, ou seja a 10 de Março, bispo titular do Funchal. Ordenado a 16 de Maio de 1982, no mesmo Colégio de Santo António dos Portugueses, em Roma, onde era Reitor, tomou posse da Diocese a 30 de Maio do mesmo ano. Redacção/JM

Partilhar:
Share