O padre Paulo Teixeira, diretor do Serviço de Assistência Espiritual e Religiosa no Hospital de São João, Porto, fala com a Agência ECCLESIA da sua experiência de encontro “com gente que não tem fé”.

O sacerdote diz que há “muito trabalho” para si, nos corredores do edifício, onde abre espaço de diálogo sobre a “necessidade íntima das pessoas” de se confrontarem com o seu “mundo interior”.

Partilhar:
Share