Cerca de 130 membros participaram em campo de férias da Ação Católica Rural

Foto: ACR – partilha das crianças

Lisboa, 12 ago 2020 (Ecclesia) – O campo de férias da Ação Católica Rural (ACR), com o tema “Navegar à Descoberta” aconteceu online, com mais de 100 participantes, que reuniu a família ACR num “grande abraço” online.

“Queríamos fazer alguma coisa para manter a família unida, como nos outros anos e surgiu esta ideia de um campo de férias online, uma dinâmica de proximidade e ligação uns com os outros, de forma diferente mas as pessoas sentiram o sabor a campo de férias, o abraço que uniu esta família e que normalmente se dá nestas atividades”, contou Vanessa Neves, membro da equipa nacional da ACR, à Agência ECCLESIA.

A também  responsável pelo setor dos adolescentes e jovens partilhou que “estava tudo muito curioso” com esta atividade que proporcionou o “encontro e partilhas de participantes de várias dioceses”. 

“Houve contacto com outros membros da ACR noutros sítios, por exemplo um membro que está em Itália e que só por ser online se pôde juntar a nós”, destaca. 

O campo de férias decorreu nos dias 7 a 9 de agosto, divididos em setores, crianças, adolescentes e jovens e adultos, à semelhança do que acontece noutras atividades. 

“Foi uma grande prova para não desistir, nem baixar os braços, dada a situação atual criámos algo para cada setor; havia as dinâmicas de trabalhos de grupo, as designadas caravelas, e trouxeram muitas partilhas”, assume a responsável. 

Foto: ACR – Partilha dos jovens na caminhada

Vanessa Neves recorda ainda dois grandes momentos do campo de férias “Navegar à Descoberta”, onde estiveram 130 participantes de nove dioceses: o convite a uma caminhada ao ar livre, marcando aqui o tema da ecologia, e as refeições “com conjunto”.

“Por exemplo desafiámos os jovens a fazerem mesmo uma caminhada ao ar livre, deixando-se guiar por um áudio que podiam descarregar, e depois partilharem, o que foi muito rico para todos; depois era o desafio da refeição todos juntos, cada um em sua casa em frente à câmara, para suscitar esse desafio à volta da mesa, que é um momento muito característico dos campos de férias”, recorda. 

O campo de férias terminou no domingo, com uma “oração conjunta online com toda a família ACR”, em grande momento de partilha.  

“A grande aprendizagem destes dias é que é possível continuar todos ligados e unidos”, salienta.

O arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, felicitou a ACR por esta iniciativa online, em tempo de pandemia agradecendo aos “criadores, curadores e cuidadores” desta “inovadora iniciativa”. 

“A tão profética ACR que nesta Arquidiocese do interior Alentejano e Ribatejano, profundamente rural, deu muito fruto através da sua capacidade para formar e do seu método evangélico “Ver, julgar e agir” é convocada pelos Sinais dos Tempos a renascer em nova Primavera e a interagir proactivamente com tantos jovens e adultos, que apesar da indiferença e do desânimo reinantes”, escreveu no jornal diocesano. 

SN

Partilhar:
Share