E material médico, incluindo máscaras, que vão para três hospitais católicos

Foto Vatican News

Cidade do Vaticano, 31 mai 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco doou três ventiladores e material médico, incluindo máscaras, à Conferência Episcopal da Zâmbia (ZCCB) para ajudar o combate contra a pandemia do coronavírus Covid-19.

O sítio online ‘Vatican News’ informa que os três ventiladores são para o Cardinal Adam Memorial Hospital de Lusaka, para o Chilonga Mission Hospital, na Província de Muchinga, e o St. Dominic’s’ Mission Hospital, na Província de Copperbelt.

Os bens doados foram entregues pelo núncio apostólico da Zâmbia e Malawi, informa um comunicado no blog da Associação de Membros das Conferências Episcopais da África Oriental  (AMECEA), e D. Gianfranco Gallone referiu que com este gesto, o Papa quer dar uma pequena contribuição às pessoass que sofrem e não têm meios para se curar, acrescentando que Francisco também está preocupado com quem perdeu o emprego e não tem mais comida.

O bispo de Monze, D. Moses Hamungole, recebeu os três ventiladores e o material médico e agradeceu ao Papa em nome da Conferência Episcopal do Zâmbia, assinalando que vão ser usados pelos pacientes mais críticos nos três hospitais católicos, na presença também do secretário permanente do Ministério da Saúde, Kennedy Malama, que reconheceu a importante contribuição da Igreja local na atual emergência sanitária.

Em abril, a Conferência Episcopal Zambiana criou um fundo especial para financiar a prevenção e ajudar os doentes, mas também os idosos, as pessoas com deficiência mental e física, os órfãos e os mais necessitados, na autal crise pandémica, e apoiar o programa de ajuda implementado pelo Governo de Lusaka.

A 29 de maio, adianta ainda o sítio ‘Vatican News’, o país africano tinha 1057 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus, 779 recuperados e sete óbitos.

CB

Partilhar:
Share