Comunicado da instituição confirma a existência de utentes infetados com o novo coronavírus numa Casa de Saúde

Sintra, 22 mar 2020 (Ecclesia) – As Irmãs Hospitaleiras afirmam em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA que os casos identificados positivamente com o novo coronavírus numa das suas casas de saúde “estão a receber o tratamento e o acompanhamento clínico adequado”.

“Os casos recentemente identificados estão a receber o tratamento e o acompanhamento clínico adequado, segundo as orientações e as normas da Direção Geral da Saúde (DGS), afirmam as Irmãs Hospitaleiras.

De acordo com a Agência LUSA, o presidente da Câmara Municipal de Sintra disse que há dez doentes infetados com o novo coronavírus na Casa de Saúde da Idanha, em Belas, afirmando que “a situação está controlada”.

No comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a instituição confirma a existência de casos positivos numa das Casas de Saude das Irmãs Hospitaleiras, e informam que “têm um Plano de Contingência desde o início desta epidemia, definido de acordo com as orientações da Direção Geral de Saúde”.

As Irmãs Hospitaleiras acrescentam que “estão em articulação permanente com as entidades de saúde local, regional e nacional, bem como a Vereação da Saúde das autarquias” e todas “todas as ações para conter as situações ligadas ao Covid-19 foram e são desenvolvidas em conjunto”.

“Agindo em estreita articulação com a DGS, seguiremos todos os protocolos para o tratamentos desta pandemia, também no que diz respeito à sua comunicação”, acrescenta o comunicado.

As Irmãs Hospitaleiras expressam “proximidade” aos familiares dos doentes que têm ao seu cuidado, assegurando que tudo fazem “para garantir um acompanhamento humano e clínico, seguindo as indicações das autoridades de saúde pública”.

“ Agradecemos a todos os profissionais de saúde que atuam com generosidade, profissionalismo e uma dedicação excecional no cuidado aos doentes, muito particularmente aos profissionais das Casas de Saúde que estão ao cuidados das Irmãs Hospitaleiras”, conclui o comunicado.

De acordo com a Direção Geral da Saúde, às 11h00 do dia 22 de março Portugal tem 1600 casos confirmados de pessoas infetadas com o novo coronavírus, 5 casos recuperados, 14 óbitos e 11779 casos suspeitos.

PR

Partilhar:
Share