Agrupamento 690 vai entregar quatro mil máscaras

Barreiro, 27 mar 2020 (Ecclesia) – Os escuteiros do Agrupamento 690 do Barreiro vão oferecer quatro mil máscaras de proteção individual ao Centro Hospitalar Barreiro Montijo, para ajudar na resposta à pandemia da Covid-19.

“Reunimos a Direção e achámos que era uma boa forma de apoiar a comunidade em que estamos inseridos” disse à Agência ECCLESIA Pedro Martins, chefe do agrupamento.

O responsável explica que, “após o contacto com o serviço de aprovisionamento do Hospital do Barreiro, e com o material mais necessário identificado, foi decidido “afetar cinco mil euros para a aquisição do material”.

“Outros donativos recolhidos reverterão para a aquisição de mais material”, acrescenta.

Com as atividades escutistas canceladas, Pedro Martins reconhece que se torna difícil pôr o escutismo em ação, mas considera que “esta iniciativa é isso mesmo e o trabalho dos escuteiros do Barreiro passa agora por este esforço solidário”.

A entrega do material está prevista para o início do mês de abril.

O Agrupamento 690 do Barreiro integra a Região de Setúbal do Corpo Nacional de Escutas, escutismo católico português.

HM/OC

Em comunicado, o Centro Hospitalar Barreiro Montijo identifica com principais necessidades os seguintes equipamentos:

  • Máscara cirúrgicas
  • Respirador P2
  • Respirador P3
  • Luvas de nitrilo de punho alto
  • Cogulas
  • Cobre botas
  • Solução alcoólica para antissepsia das mãos com teor de etanol a 70º
  • Álcool a 70º
  • Fatos de proteção integral.
Partilhar:
Share