Iniciativa do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e da Agência ECCLESIA vai decorrer durante o Tempo da Quaresma, em cada quarta-feira

Lisboa, 16 fev 2021 (Ecclesia) – “O desafio da (i)Humanidade de grupo” é o tema do ciclo de debates que o Secretariado Nacional das Comunicações Sociais e a Agência ECCLESIA promovem na Quaresma, a partir dos dois últimos documentos publicados pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

Para Isabel Figueiredo, diretora do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, o objetivo é retomar a “oportunidade” e “assertividade” dos documentos publicados no contexto da pandemia pela Conferência Episcopal Portuguesa e propor “pistas de ação”, contando com o contributo de cada diocese através de uma “participação ativa”.

“Vamos trabalhar em conjunto com os secretariados diocesanos das comunicações sociais para contarmos com uma comunicação de cada uma das dioceses numa das sessões e reler, a partir do contexto territorial específico, os documentos da Conferência Episcopal”, disse Isabel Figueiredo à Agência ECCLESIA.

A CEP publicou os documentos ”Recomeçar e reconstruir”  e “Desafios pastorais da pandemia à Igreja em Portugal” nas duas últimas assembleias plenárias, o primeiro com análise e respostas sociais e o segundo referindo desafios pastorais que surgiram por causa da impossibilidade do culto público.

Os debates em torno dos documentos da CEP iniciam dia 17 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas, com apresentações de D. Armando Esteves Domingues, bispo auxiliar do Porto, e Pedro Vaz Patto.

As sessões seguintes do ciclo “O desafio da (i)humanidade de grupo”, nos dias dia 24 de fevereiro e 3 de março, serão para analisar o documento “Recomeçar e reconstruir” e, nas duas seguintes, nos dias 10 e 17 de março, o debate vai ser em torno do segundo documento da CEP, sobre a vivência da fé em tempo de pandemia; no dia 24 de março, na última sessão, é proposta uma síntese de todas as anteriores.

“Os documentos da CEP publicados no contexto da pandemia não são uma notícia datada, são para os dias de hoje e para o futuro e, por isso, temos de voltar a esses textos muitas vezes, no processo de reconfiguração da vivência comunitária da fé que temos de fazer desde já, predispostos a diferenças que, por certo, vão surgir”, acrescentou Isabel Figueiredo.

Após a apresentação dos dois documentos, por D. Armando Esteves Domingues e Pedro Vaz Patto, a metodologia proposta é que, em cada uma das sessões seguinte, moderadas pelos jornalistas da Agência Ecclesia, as comunicações que introduzem o debate partam de cada diocese (quatro por sessão), com intervenções a definir em articulação com os secretariados diocesanos das comunicações sociais.

As sessões vão decorrer na plataforma zoom (ID da reunião 874 6413 7929).

Ligação:

https://us02web.zoom.us/j/87464137929?pwd=b2NlTHVoKzJEV3VEbGZ1YVhoSUswQT09

ID da reunião: 874 6413 7929 Senha de acesso: Ecclesia

PR

Partilhar:
Share