Coimbra, 20 Mai 2020 (ECCLESIA) – Numa época em que “aumentaram” os pedidos de ajuda que chegam, diariamente, à Cáritas de Coimbra realizou-se, dia 19 de maio, uma campanha de recolha de bens numa superfície comercial da cidade que resultou “em mais” de 600 produtos.

Esta campanha “foi atípica”, no sentido em que foi necessário estabelecer medidas de distanciamento social, bem como “cuidados de higienização com os materiais utilizados e utilização de equipamentos de proteção individual”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A pandemia da COVID-19 que se vive no país e no mundo veio “agravar ainda mais” as dificuldades das pessoas e famílias que já se encontravam em situação de carência económica e social.

Apesar da “redução significativa de clientes que se deslocam à loja nesta época”, a receção à campanha foi “muito positiva e a prova de que a comunidade continua a manifestar o seu apoio e solidariedade nos momentos mais difíceis”.

Nos tempos atuais surgiram também muitos novos casos de pessoas que recorrem pela primeira vez ao auxílio da Cáritas de Coimbra.

Os bens angariados vão ser distribuídos pelas pessoas e famílias, em situação de necessidade emergente, apoiadas pelo Centro de Apoio Social (CAS) da Cáritas Diocesana de Coimbra.

LFS

Partilhar:
Share