Mensagem conjunta dos organismos episcopais alerta para impactos da pandemia

Foto: Lusa/EPA

Lisboa, 04 jun 2020 (Ecclesia) – Os organismos representativos dos bispos católicos na Europa lançaram hoje um apelo conjunto em defesa das populações mais atingidas pela crise sanitária, social e económica provocada pela pandemia de Covid-19.

“Vamos todos trabalhar juntos para uma recuperação que não deixe ninguém para trás”, refere um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA pela Comissão dos Episcopados Católicos da União Europeia (COMECE) e o Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE).

As presidências dos organismos estiveram reunidas por videoconferência, esta quarta-feira, para analisar o impacto da pandemia na vida das comunidades católicas e da sociedade.

A posição conjunta manifesta preocupação “com a crise económica e a consequente perda de um grande número de empregos”.

Os representantes dos bispos católicos destacam o papel central desempenhado pela família, “a verdadeira célula de solidariedade e partilha”, fundamental para a “recuperação social, económica e eclesial”.

A COMECE e o CCEE agradece aos padres pelo seu serviço durante o período de crise, “alguns também sacrificando suas próprias vidas”.

As duas presidências enfatizaram a “forte limitação” imposta à liberdade de religião no contexto do encerramento de locais de culto e da proibição de liturgias, “pedindo o restabelecimento de relações normais entre Igreja e Estado, baseadas no diálogo e no respeito pelos direitos fundamentais”.

OC

Partilhar:
Share