Presidente do Parlamento Regional sublinha dimensão da celebração religiosa para toda a ilha

Funchal, Madeira, 13 ago 2020 (Ecclesia) – José Manuel Rodrigues, presidente da Assembleia Legislativa Regional da Madeira (ALRM), destaca à Agência ECCLESIA a importância da celebração de Nossa Senhora do Monte, a padroeira da diocese, que mantém uma “forte expressão” religiosa.

Este ano, devido à pandemia, a celebração decorre sem o tradicional arraial exterior; no dia 14, os sinos tocam ao meio-dia e às 20h00 decorre a recitação do ângelus, acompanhando o momento da passagem da imagem de Nossa Senhora do Monte para andor e início da guarda de honra, seguindo-se a Missa presidida pelo pároco local, padre Vitor Sousa.

A 15 de agosto, dia da festa, celebra-se a Missa solene, presidida por D. Nuno Brás, bispo do Funchal, com transmissão televisiva e nas plataformas digitais.

Nesta Eucaristia estão tradicionalmente presentes autoridades regionais, municipais e militares

“Uma vez por ano vai-se agradecer à Senhora do Monte, um pouco a exemplo do que se faz com Fátima, pagar as promessas, fazer uma prece”, indica José Manuel Rodrigues.

Sou devoto, ia pela mão da minha avó, tinha 4 ou 5 anos e já subia nos autocarros até ao Monte”.

A entrevista com a Agência ECCLESIA destaca a importância do ensino musical na Madeira, do Conservatório às Bandas Filarmónicas, e a abertura das portas do Parlamento Regional, durante a pandemia, para dar espaço a concertos.

José Manuel Rodrigues é o convidado, esta semana, do programa Ecclesia na Antena 1 da rádio pública, pelas 22h45, e das ‘Conversas aGOSTO’, publicadas online de segunda a sexta-feira, a partir das 17h00.

OC

Partilhar:
Share