A Comunidade Luz e Vida propõe ao longo do ano vários encontros nacionais promotores “de reconciliação interior e de encontro com Deus”, explica à Agência ECCLESIA o fundador da Comunidade, o Padre Filipe Lopes. Assim aconteceu no dia 14 em Fátima, com o tema “Senhor que eu veja”. “Vamos percebendo que as pessoas vivem com muitos problemas de relacionamento, falta de alegria com a sua própria vida, tristeza porque carregam problemas interiores e bastante profundos”, afirma o Pe. Filipe Lopes. Nesse sentido foi um encontro que pretendia proporcionar momentos “para ajudar as pessoas a lidar com os seus problemas e a resolvê-los, sempre no amor de Cristo” aponta fundador da Comunidade Luz e Vida. O encontro contou com uma parte formativa, através de dois colóquios, que ajudaram os participantes a perceber as situações que os agride interiormente a melhor forma de ajudar a sair dessa agressão e encontrar um caminho de paz interior e com os outros. No programa constava depois uma parte mais contemplativa e interior. O Padre Filipe aponta “depressões, falta de aceitação de si próprio, marcas de mágoas que sem saberem condicionam a sua vida”, como problemas que testemunha habitualmente. “Procuramos que o próprio seja dia um encontro de cura e libertação”, pela oração, pelo canto, pela eucaristia, pela adoração, “levamos as pessoas a um encontro, a uma abertura de coração, confiando nas mãos de Deus os seus problemas”. “Nestes encontros a sala está sempre cheia”, lembra o Pe. Filipe Lopes, que aponta uma necessidade de ajuda espiritual para resolver os problemas. “As depressões não são de ordem psíquica, mas sim de ordem espiritual”, afirma o fundador da Comunidade Luz e Vida, razão para a grande participação. Estes encontros preparados pela Comunidade são abertos a todos quantos desejem participar. O encontro é realizado ao Domingo de forma a facilitar a participação de todos. O Pe Filipe Lopes dá conta de o quão interessante é ir percebendo “a cura interior da pessoas ao longo do dia”, porque sanadas as origens dos problemas “as consequências também desaparecem”, regista. O próximo encontro está marcado para Junho. Ainda sem tema, seguirá a mesma linha condutora “de cura interior”, conclui o Pe. Filipe Lopes. A comunidade Luz e Vida nascida a partir do Renovamento Carismático Católico na diocese de Leiria – Fátima, aponta como sua missão viver a consagração pela comunhão com Deus no seguimento de Jesus Cristo e pela vida fraterna, em ordem ao serviço da evangelização.

Partilhar:
Share