Coimbra, 03 mar 2021 (Ecclesia) – O bispo de Coimbra anunciou que a renúncia quaresmal das comunidades católicas vai ajudar a Cáritas Diocesana, em 2021, face à crise provocada pela Covid-19.

“Neste contexto de pandemia, e tendo em conta a nova realidade de pobreza, desemprego, perda de situações financeiras estáveis e sofrimento existentes em muitas famílias, decidimos que o produto da Renúncia Quaresmal se encaminhe para a Caritas Diocesana”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

  1. Virgílio Antunes faz “um renovado apelo à generosidade dos fiéis da Diocese de Coimbra”, e convida a entregar à Caritas, “sempre diligente e fiel na gestão dos recursos que lhe são confiados”, o resultado da renúncia que marca a preparação para a Páscoa.

O responsável católico destaca que, este ano “não é possível fazer os peditórios de rua” dada a situação de saúde pública que se vive e “aumentaram” as situações de pobreza que diariamente batem à porta da Caritas.

Além da recolha das oferendas nas paróquias, como é habitual, podem também “os donativos dos fiéis, instituições e empresas ser diretamente enviados para a Caritas Diocesana de Coimbra, usando para isso o número de conta disponível para esse efeito: IBAN PT50 001800032660688902063”.

“Com coragem criativa, levanta-te” é o lema da Quaresma na Diocese de Coimbra.

A Caritas de Coimbra é a instituição diocesana que tem como missão acorrer às variadas necessidades “dos mais pobres da nossa comunidade e assume, assim, em nome da Diocese de Coimbra, o ministério da caridade cristã”.

LFS

Quaresma: «Acima de tudo contam as pessoas» – D. Virgílio Antunes

 

Partilhar:
Share