Foto: Cáritas Diocesana de Coimbra

Coimbra, 21 ago 2018 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra tem um novo projeto educativo intitulado ‘Nasci para ser+’, para os seus Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL), para o triénio 2019-2021.

“Coloca as crianças e jovens como centro da ação e, simultaneamente, atores interventivos na concretização das atividades e desafios que concorrem para o seu crescimento e a ocupação útil dos tempos livres”, explica a instituição sobre o ‘Nasci para ser+’.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, a Cáritas Diocesana de Coimbra realça que através de atividades lúdico-pedagógicas, competências interpessoais, culturais e de apoio sociofamiliar o novo projeto pretende responder, com “total empenho e envolvimento”, às exigências de uma educação potenciadora de um “desenvolvimento integral dos utentes”.

O projeto educativo foi preparado para o triénio 2019/ 2021 e em cada ano há um subtema específico: ‘Ser único’ (2019); ‘Ser+ criativo’ (2020) e ‘Ser construtivo’ (2021).

A Cáritas Diocesana de Coimbra destaca que pretendem “marcar pela diferença” o papel dos CATL nas comunidades educativas e nas famílias, realizar uma “intervenção pedagogicamente mais bem fundamentada e sistematizada”, bem como “inovar com a introdução de mecanismos de acompanhamento e de avaliação”, quanto à concretização dos objetivos, do planeamento e realização das atividades, da satisfação dos utentes/famílias e parceiros da comunidade escolar e local.

O ‘Nasci para ser+’ foi apresentado esta segunda-feira para os CATL da organização que apoiam crianças e jovens em idade escolar, tendo como função complementar, “diversificar e enriquecer as vivências dos seus utentes, numa perspetiva de inclusão social e cultural”.

O tema novo projeto educativo baseia-se na conceção do educador brasileiro Paulo Freire que assume a «vocação dos seres humanos para um processo contínuo da sua humanização».

O projeto educativo, da Cáritas Diocesana de Coimbra, assume um papel determinante na articulação e participação comunitária, “explanando a missão, valores e função educativa” da Cáritas de Coimbra e as atividades vão ser orientadas por uma equipa multidisciplinar.

CB

Partilhar:
Share