Pré-jornada quer receber jovens de todo o mundo na Diocese do Porto

Vila Nova de Gaia, 04 out 2022 (Ecclesia) – Os Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Claretianos) estão a preparar a sua participação na Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 em “família”, após a pré-jornada de 28 a 31 de julho, nos Carvalhos (Diocese do Porto).

“A equipa organizadora deseja que este seja um encontro de alegria, festa, oração, cânticos, reflexão, de caminho lado a lado. Que se supere todas as barreiras, que os jovens encontrem uma Igreja renovada e a renovem também e queiram fazer parte da identidade Claretiana que os move”, lê-se num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Os Missionários Claretianos explicam que estão a “preparar em família a participação na Jornada Mundial da Juventude”, que se vai realizar de 1 a 6 de agosto de 2023, em Lisboa, e pretendem receber “cerca de mil jovens” de todo o mundo, de “forma especial” onde a congregação religiosa está presente e desenvolve a sua missão, “cerca de 67 países”.

Na semana anterior à JMJ Lisboa, a Família Claretiana realiza a sua pré-jornada, de 28 a 31 de julho, na Diocese do Porto, mais concretamente nos Carvalhos – Freguesia de Pedroso-Seixezelo – “com o apoio e sinergias de várias realidades Claretianas” na região, dois colégios – o Colégio Internato dos Carvalhos e o Colégio Internato Claret -, o Santuário Coração de Maria, a Fundação Claret, a Casa da Juventude, a Procuradoria das Missões e as duas comunidades da congregação.

‘JMJ Claret Way’ é o nome da ‘Jornada Mundial da Juventude em Família Claretiana’ que tem seis objetivos concretos: “Agradecer a nossa própria tradição missionária em saída a partir de Claret, unidos à grande missão evangelizadora da Igreja; Sentir e celebrar que somos parte de uma comunidade global, enriquecidos pela diversidade de culturas, modos de vida e expressões de fé; Descobrir Jesus ressuscitado como Aquele que se aproxima da nossa vida e a transforma”.

Os outros três objetivos são “gerar espaços de comunicação que superam a superficialidade e promovem o verdadeiro encontro com Deus, com a natureza e com os outros”, “responder generosamente como Maria ao chamamento que Jesus dirige”, e “reafirmar a identidade” de jovens que caminham juntos ao estilo de Claret.

Os Missionários Claretianos e a equipa da ‘JMJ Claret Way’ continuam a “visitar, dinamizar e alegrar” todos os jovens dos 16 aos 35 anos para “trabalharem e colaborarem nesta caminhada” e precisam de “voluntários, donativos e doações em géneros” (jmj23claret@gmail.com).

As edições internacionais da JMJ são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, numa cidade durante uma semana.

CB/OC

 

Partilhar:
Share