Campanha apoia Cáritas Diocesanas e programa nacional «inverter a curva da pobreza em Portugal

Lisboa, 27 nov 2020 (Ecclesia) – A Cáritas Portuguesa está a dinamizar a operação ‘10 Milhões de Estrelas – um Gesto pela Paz’ que este ano vai apoiar “vítimas da Covid, numa perspetiva social e económica”, através do programa ‘Inverter a Curva da Pobreza em Portugal’.

“Todas as pessoas que queriam colaborar e participar nesta campanha saberão que estão a ajudar a resposta nacional da Cáritas em todo o país e especificamente este programa ‘inverter a curva da pobreza em Portugal’ que tem o objetivo de responder diretamente aqueles que sofrem os impactos sociais e económicos da Covid-19”, explicou Márcia Carvalho, responsável pelo setor de comunicação e imagem da Cáritas Portuguesa.

Em entrevista à Agência ECCLESIA, transmitida esta quinta-feira na RTP 2, a responsável contextualizou que 65% do resultado da venda das velas “reverte diretamente para o trabalho” que as Cáritas Diocesanas desenvolvem no terreno e “35% tradicionalmente é aplicado num projeto internacional, num país que esteja em situação de conflito”.

Este ano, pelas circunstâncias da pandemia originada pelo novo coronavírus, Márcia Carvalho refere que os restantes “35% vão ser aplicados na resposta” da Cáritas Portuguesa de “apoio às vítimas do Covid, numa perspetiva social e económica”.

Por cada “estrela vela” é pedido um donativo mínimo de 2 euros e podem ser adquiridas nas Cáritas Diocesanas, que “são as primeiras a serem transportadoras desta vela”, nos supermercados do grupo Pingo Doce que “é um parceiro onde qualquer pessoa se pode cruzar com esta vela”, para além do sítio online da Cáritas Portuguesa e do portal ‘Compra Solidária’.

Segundo Márcia Carvalho, a operação ‘10 Milhões de Estrelas – um Gesto pela Paz’ “faz parte do Natal de muitas famílias pelo gesto de acender na noite de Natal esta vela” e destaca que, em 2019, a campanha teve uma alteração “do ponto de vista visual” e a vela passou a ser “uma estrela, a estrela do Natal”.

“É nosso espírito que esta vela traga um sinal de esperança, de paz, de alegria, de algo que se ilumina na vida das pessoas e, por isso, é uma campanha muito transversal a todos os homens de boa vontade. De certa forma, todos acreditamos que é possível na nossa vida, em gestos concretos, em gestos pequenos, trazer alguma coisa de bom à vida dos outros, esta vela materializa esse gesto que cada um de nós pode fazer para que haja um mundo melhor”, desenvolveu.

Márcia Carvalho assinala que “hoje multiplicam-se as necessidades” mas também “as possibilidades de solidariedade” e com a campanha de Natal ‘10 Milhões de Estrelas – um Gesto pela Paz’ a organização católica considera que “mais do que aquilo que representam como instituição” está “de alguma forma a desafiar cada português a ser portador dessa esperança, a ser embaixador da paz”.

A responsável pelo setor de comunicação e imagem da Cáritas Portuguesa adianta que a instituição vai também participar no movimento de solidariedade mundial ‘Giving Tuesday’, no dia 1 de dezembro, uma ação na primeira terça-feira após o ‘BlackFriday’ (saldos antes do Natal), e pode-se, por exemplo, “oferecer uma vela, participar numa iniciativa de voluntariado”.

PR

 

Partilhar:
Share