“Ninguém deve ficar de braços cruzados, mas sim abrir os braços a todos”

Rio de Janeiro, Brasil, 13 out 2021 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou uma mensagem ao Cardeal Orani João Tempesta, por ocasião do nonagésimo aniversário da inauguração da estátua do «Cristo Redentor» (Rio de Janeiro – Brasil) onde realça que aquela imagem é um convite à fraternidade.

“Esta imagem, com seus braços abertos num incessante apelo à reconciliação, retrata o convite à fraternidade que Nosso Senhor lança à cidade e a todo o país para que seja formada uma comunidade onde ninguém se sinta sozinho, indesejado, rejeitado, ignorado ou esquecido e onde todos se empenhem por um mundo mais justo, mais solidário e mais feliz”, escreveu o Papa Francisco

Na sua mensagem, o Papa argentino lembra que, “independentemente do próprio grau de instrução ou de riqueza, todas as pessoas têm algo para contribuir na construção da fraternidade humana e ninguém deve ficar de braços cruzados, mas sim abrir os braços a todos, como faz o Redentor”.

LFS

Partilhar:
Share